Meteorologia

  • 15 DEZEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Booking só vai publicitar empreendimentos legalizados

A plataforma digital Booking.com garantiu hoje que vai cumprir a obrigatoriedade de publicitar apenas empreendimentos inscritos no Registo Nacional de Turismo e informou ter tido um "diálogo muito positivo e construtivo" com as autoridades portuguesas.

Booking só vai publicitar empreendimentos legalizados
Notícias ao Minuto

18:12 - 21/04/17 por Lusa

Economia Hotelaria

Em resposta a uma questão da agência Lusa, na sequência da aprovação de alterações ao Regime Jurídico da Instalação, Exploração e Funcionamento dos Empreendimentos Turísticos (RJET), a plataforma sublinhou o esforço que faz para "ajustar o seu negócio para cumprir com a lei".

"E estamos felizes em trabalhar com as autoridades competentes para garantir que estamos atualizados quanto a regras e regulamentos locais. Como tal, tivemos um diálogo muito positivo e construtivo com as autoridades em Portugal e, obviamente, cumpriremos esta nova lei, como sempre fazemos", lê-se na nota da empresa.

O Conselho de Ministros aprovou na quinta-feira a simplificação dos licenciamentos dos empreendimentos turísticos, designadamente para diminuir prazos, incluir novos modelos de alojamento como o 'glamping' (campismo de luxo) e obrigar a que as plataformas eletrónicas só comercializem locais registados.

Nestas alterações ao RJET consagra-se a obrigatoriedade de as plataformas eletrónicas (como airbnb, expedia, booking) só poderem comercializar empreendimentos registados no Registo Nacional de Turismo.

A agência Lusa contactou ainda a airbnb e a expedia para comentarem as novas regras, mas não obteve respostas até ao momento.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório