Ouro volta a ganha força com ajuda da China e Estados Unidos

Os mercados internacionais estão a trazer ganhos fortes para o metal mais valioso do mundo.

© Reuters
Economia Matérias-Primas

Dia positivo para o ouro em Nova Iorque. No maior mercado do mundo de matérias-primas, o metal dourado está a ganhar valor como não se via há algumas semanas, graças ao crescimento da produção industrial chinesa divulgado hoje e a uma nova queda do dólar face ao euro. 

PUB

A probabilidade crescente da Reserva Federal aumentar as taxas de juro em breve não parece ser suficiente para compensar o otimismo em torno da reunião de hoje do BCE e com um dólar mais fraco, as matérias-primas transacionadas com a moeda norte-americana como referência são as grandes vencedoras. 

O ouro lidera entre os metais com uma subida de 0,74% face ao final da sessão de ontem: cada onça do metal mais valioso do mundo equivale agora a 1.272,30 dólares. 

A prata segue a ganhar 0,58% e a platina sobe 0,19%, enquanto o cobre assume a posição de único grande metal industrial a perder valor.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS