Saldo das balanças corrente e de capital cai para menos de metade

O saldo conjunto das balanças corrente e de capital situou-se nos 888 milhões de euros nos primeiros oito meses do ano, inferior aos 2,097 mil milhões de euros observados no período homólogo, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

© Dinheiro Vivo
Economia BdP

De acordo com uma nota estatística relativa à balança de pagamentos de agosto, hoje divulgada pelo BdP, "esta redução verificou-se apesar de o saldo da balança de bens e serviços ter apresentado um excedente de 3025 milhões de euros, superior aos 2460 milhões de euros registados no período homólogo".

PUB

Para esta evolução da balança de bens e serviços contribuiu, segundo a instituição, a redução das importações em 1,4% (variações de -1,9% nos bens e 0,5% nos serviços), que mais do que compensou o decréscimo de 0,2% das exportações (variações de -1,4% nos bens e 2,1% nos serviços).

A rubrica viagens e turismo, destaca, apresentou um saldo de 5,782 mil milhões de euros, mais 568 milhões de euros que em igual período de 2015.

Em sentido contrário, sinaliza, as componentes de rendimento primário e secundário da balança corrente e a balança de capital "contribuíram para a deterioração do saldo acumulado em 2016 do conjunto das balanças corrente e de capital".

O défice da balança de rendimento primário totalizou assim os 3,442 mil milhões de euros, aumentando cerca de 761 milhões de euros em relação ao período homólogo.

"Esta evolução resulta, sobretudo, do aumento dos rendimentos atribuídos a não residentes", destaca o BdP.

A redução dos fundos provenientes da União Europeia explica, em grande medida, a diminuição do excedente da balança de capital, acrescenta.

Relativamente ao saldo da balança financeira, entre janeiro e agosto, registou-se um aumento dos ativos líquidos de Portugal sobre o exterior no valor de 1,463 mil milhões de euros.

No mês de agosto, o saldo de 920 milhões de euros traduz, sobretudo, um decréscimo dos passivos de outro investimento, reflexo de uma redução acentuada de depósitos de não residentes, destaca o BdP.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS