Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2021
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

PSI20 segue em alta com ações da EDP a puxarem pelos ganhos

A bolsa de Lisboa seguia hoje em alta, contrariando a tendência da abertura e o sinal das principais congéneres europeias, com as ações da EDP a impulsionarem as negociações.

PSI20 segue em alta com ações da EDP a puxarem pelos ganhos
Notícias ao Minuto

09:54 - 13/10/21 por Lusa

Economia PSI20

Na terça-feira, a bolsa de Lisboa encerrou em alta, tendo o índice PSI20 avançado 0,45% para 5.562,21 pontos, com os CTT a liderarem os ganhos e o setor da energia em destaque nas subidas.

Hoje, pelas 09:00, o índice de referência, o PSI20, seguia em alta, para 5.573,96 pontos, com sete ações a subir, sete em baixa e cinco inalteradas.

A EDP Renováveis e a Mota-Engil seguiam em alta de 1,70% e 1,12% para 21,48 euros e 1,36 euros, liderando os ganhos.

A EDP seguia também em alta de 0,82% para 4,68 euros e a Jerónimo Martins avançava 0,22% para 18,38 euros.

O BCP e a NOS seguiam, por sua vez, a liderar as perdas e a evitar maiores ganhos do índice, com descidas de 1,04% e 0,76% para 0,16 euros e 3,39 euros.

A Galp, por seu turno, seguia em queda de 0,50% para 9,91 euros, pressionando também as negociações.

As principais bolsas europeias estavam hoje em baixa, à espera de uma bateria de indicadores macroeconómicos, entre os quais se destaca a taxa de inflação nos Estados Unidos em setembro.

Hoje, além da taxa de inflação nos EUA em setembro, os investidores estão pendentes da publicação das atas da última reunião de política monetária da Reserva Federal dos EUA (Fed).

A nível cambial, o euro abriu em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, mas a cotar-se a 1,1550 dólares, contra 1,1528 dólares na terça-feira, um mínimo, e o atual máximo desde maio de 2018, de 1,2300 dólares, em 05 de janeiro.

O barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu em baixa no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, a cotar-se a 83,17 dólares, contra 83,42 dólares na terça-feira e o máximo desde outubro de 2018, de 83,65 dólares, em 11 de outubro.

Leia Também: Bruxelas apresenta hoje diretrizes para países aliviarem contas da luz

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório