Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Taxa de inflação alemã sobe para máximo desde setembro de 2011

A taxa de inflação na Alemanha cresceu 2,5% em maio, em termos homólogos, situando-se no nível mais alto desde setembro de 2011, segundo dados da Agência Federal de Estatísticas (Destatis), hoje divulgados.

Taxa de inflação alemã sobe para máximo desde setembro de 2011
Notícias ao Minuto

12:04 - 15/06/21 por Lusa

Economia Alemanha

A subida homóloga na taxa de inflação de 2,5%, em maio, deveu-se sobretudo ao aumento dos preços da energia, explica aquele organismo em comunicado, realçando que se confirmam, assim, os dados provisórios divulgados em 31 de maio último.

O índice de preços no consumidor alemão (IPC) sobe, desta forma, pelo quinto mês consecutivo, depois de ter registado um crescimento de 1% em janeiro, 1,3% em fevereiro, 1,7% em março e 2% em abril.

Em termos mensais, a taxa de inflação subiu 0,5% em maio face ao mês anterior.

Sem ter em conta a energia e a alimentação, a inflação foi de 1,9% em maio, em termos homólogos.

O Índice de Preços no Consumidor Harmonizado, que permite comparar o nível dos preços nos países da União Europeia, registou em maio um aumento homólogo de 2,4% e de 0,3% face ao mês anterior.

Leia Também: Estado alemão inaugura escola de formação de imãs 'made in Germany'

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório