Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Fitch prevê perspetiva estável do rating 'BBB' para Portugal

A Fitch prevê para Portugal uma perspetiva 'estável' do 'rating' 'BBB' no segundo trimestre deste ano, porque acredita que o rácio da dívida/PIB retome uma trajetória descendente baseada numa política fiscal prudente, depois de um forte aumento em 2021.

Fitch prevê perspetiva estável do rating 'BBB' para Portugal
Notícias ao Minuto

12:04 - 29/04/21 por Lusa

Economia Fitch

No "Panorama do Crédito Soberano da Europa Ocidental, segundo trimestre de 2021", hoje divulgado, a agência de 'rating' Fitch estima "uma melhoria do potencial de crescimento a médio prazo de Portugal, particularmente se apoiado por reformas estruturais".

Como riscos negativos para Portugal, a Fitch sublinha "uma deterioração das perspetivas a médio prazo projetadas para as finanças públicas" e um "renovado 'stress' no setor financeiro que requer um apoio adicional significativo do setor público e/ou afete a estabilidade financeira e as perspetivas de crescimento".

A empresa refere que "existe incerteza quanto ao futuro apoio ao Novo Banco e à companhia aérea portuguesa TAP" e que "o apoio relacionado com a pandemia, sob a forma de linhas de garantia estatal, aumentou o passivo contingente do Estado".

Em relação ao turismo em Portugal, a Fitch sublinha que a recuperação no setor continua a ser uma incerteza fundamental para as previsões de crescimento real do Produto Interno Bruto (PIB) e que para 2021 assume que as receitas do turismo recuperarão 50% dos níveis de 2019.

A perturbação no setor do turismo continuará a pesar no mercado de trabalho, adianta, prevendo que o desemprego aumente para 8,5% em 2021, contra 6,5% em 2019 e 7,0% em 2020.

"Os 'ratings' de Portugal equilibram fortes indicadores de governação e rendimento 'per capita' acima dos pares da categoria "BBB", contra altos níveis de dívida pública e baixo potencial de crescimento a médio prazo", refere a Fitch, sublinhando que, com 133,6% do PIB no final de 2020, o rácio da dívida de Portugal está entre os mais elevados da Europa.

Contudo, a Fitch considera que "os riscos a curto prazo associados ao elevado 'stock' da dívida são mitigados pelos baixos custos dos juros e por uma maturidade média da dívida de cerca de 7,4 anos" e que "as condições de financiamento de Portugal são altamente favoráveis, porque beneficia do programa de aquisição de ativos do Banco Central Europeu (BCE) e da resposta à pandemia à escala da UE (União Europeia).

A última revisão do 'rating' da Fitch para Portugal foi em divulgada em 20 de novembro de 2020 e a próxima será em 14 de maio de 2021.

Na altura, a agência de notação financeira manteve o 'rating' da dívida de longo prazo de Portugal em BBB, nível de investimento, e com perspetiva estável, alertando para os níveis de dívida pública.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório