Meteorologia

  • 06 MAIO 2021
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 23º

Edição

Lojas do cidadão retomam atendimento presencial com marcação

As lojas do cidadão vão reabrir na segunda-feira com atendimento presencial por marcação na generalidade do país, anunciou hoje o primeiro-ministro, António Costa.

Lojas do cidadão retomam atendimento presencial com marcação
Notícias ao Minuto

20:19 - 15/04/21 por Lusa

Economia Covid-19

A reabertura das lojas do cidadão insere-se no conjunto de medidas da próxima fase de desconfinamento, que avança segundo o plano do Governo para a generalidade do continente, exceção feita a alguns concelhos que pela elevada taxa de incidência de novos casos de covid-19 não reúnem as condições para progredir.

Segundo o plano do Governo, as lojas do cidadão com atendimento presencial por marcação vão reabrir na segunda-feira nos concelhos que avançam para a próxima fase.

A terceira etapa do plano de desconfinamento, que se inicia na segunda-feira aplica-se à generalidade do país, exceto em sete concelhos (Alandroal, Albufeira, Beja, Carregal do Sal, Figueira da Foz, Marinha Grande e Penela), que se vão manter com as regras atualmente em vigor, e quatro (Moura, Odemira, Portimão e Rio Maior), que vão recuar para as regras mais 'apertadas' da primeira fase de desconfinamento.

Em 03 de maio, está prevista a última fase deste plano cuja aplicação prática está, todavia, dependente da evolução dos contágios e do número de novos casos de covid-19.

Em Portugal, morreram 16.933 pessoas dos 829.358 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Leia Também: Terceira fase do desconfinamento avança. Eis o que vai reabrir dia 19

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório