Meteorologia

  • 27 NOVEMBRO 2020
Tempo
13º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

PSI20 segue em alta de mais de 1% em contraciclo com congéneres europeus

A bolsa de Lisboa seguia hoje em alta, acentuando a tendência da abertura e em contraciclo com a Europa, com as ações da EDP e BCP a puxarem pelos ganhos.

PSI20 segue em alta de mais de 1% em contraciclo com congéneres europeus
Notícias ao Minuto

10:20 - 30/10/20 por Lusa

Economia PSI20

Na quinta-feira, o principal índice, o PSI20, completou a sua quarta sessão em queda, ao terminar com uma descida de 0,66% no índice PSI20 para 3.863,20 pontos, seguindo a tendência predominante na Europa.

Pelas 09:00, as ações seguiam a avançar 1,16% para 3.907,99 pontos, com 11 empresas em alta, quatro em baixa e duas inalteradas. O PSI20 passou hoje a ter 17 empresas, após a exclusão da Sonae Capital devido à Oferta Pública de Aquisição lançada pela Efanor.

A EDP e o BCP seguiam em alta de 2,83% e 2,73% para 4,25 euros e 0,07 euros.

A instituição liderada por Miguel Maya divulgou após o fecho mercado que conseguiu um lucro de 146,3 milhões de euros entre janeiro e setembro deste ano, menos 45,9% do que nos primeiros nove meses de 2019.

O banco informou também que tinha mais de 125 mil créditos a famílias e empresas com moratórias no final de setembro, envolvendo um valor total de empréstimo de quase nove mil milhões de euros.???????

A Galp, por sua vez, seguia a avançar 1,52% para 6,92 euros, enquanto a Jerónimo Martins seguia inalterada nos 13,82 euros.

A Semapa e a Sonae eram as ações que mais desvalorizavam, com perdas de 0,93% e 0,61% para 6,38 euros e 0,49 euros.

Lisboa seguia a contrariar a tendência das principais bolsas europeias, que abriram hoje em baixa, pendentes da publicação de indicadores macroeconómicos relevantes da Europa e de mais resultados empresariais.

Os investidores continuam preocupados com o avanço da pandemia na Europa e nos Estados Unidos e nervosos com as eleições presidenciais norte-americanas, depois de o Banco Central Europeu (BCE) ter mantido na quinta-feira a política monetária.

Numa sessão em que o petróleo continua em baixa, os investidores estão pendentes de mais resultados empresariais.

A nível cambial, o euro abriu hoje também em alta no mercado de câmbios de Frankfurt, a cotar-se a 1,1681 dólares, contra 1,1658 dólares na quinta-feira e o máximo desde 15 de maio de 2018, de 1,1944 dólares, em 31 de agosto.

Em contrapartida, o barril de petróleo Brent para entrega em dezembro abriu também com tendência descendente, a cotar-se a 37,29 dólares no Intercontinental Exchange Futures (ICE) de Londres, contra 37,65 dólares na quinta-feira e o máximo desde março, de 48,29 dólares, em 25 de agosto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório