Meteorologia

  • 01 JUNHO 2020
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Sociedade de Mário Ferreira acorda compra de direitos de subscrição

A Sociedade Pluris Investments, controlada pelo empresário Mário Ferreira, chegou a acordo com quatro acionistas da Cofina para a compra de 18.044.763 direitos de subscrição das novas ações no aumento de capital da dona do Correio da Manhã.

Sociedade de Mário Ferreira acorda compra de direitos de subscrição
Notícias ao Minuto

19:22 - 18/02/20 por Lusa

Economia Cofina/Media Capital

No prospeto do aumento de capital, publicado na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), um passo essencial na oferta pela Media Capital, dona da TVI, a Cofina indicou que a "Pluris Investments, S.A. celebrou quatro contratos de compra e venda de direitos de subscrição das novas ações com os acionistas Caderno Azul, S.A., Livrefluxo, S.A., Promendo Investimentos, S.A. e Valor Autêntico, S.A., através dos quais adquiriu um total de 18.044.763 direitos de subscrição das novas ações".

Estes acordos, que se concretizaram em janeiro, custaram à Pluris pouco mais de 1.800 euros.

No prospeto, a Cofina deu ainda conta de que a Pluris informou, no dia 13 de setembro, que tinha um "compromisso vinculativo de investir um total máximo de 20 milhões de euros na subscrição de novas ações contanto que as ações a serem subscritas representem um mínimo de 15,2% do capital social e dos direitos de voto do emitente, após liquidação da oferta e do registo comercial do aumento de capital".

A Pluris Investments assumiu um compromisso de subscrição de 44.444.444 ações no aumento de capital da Cofina, que tem globalmente um valor de 85 milhões de euros, valor alocado ao financiamento da operação de aquisição do grupo Media Capital, lembrou o prospeto.

A Pluris e o banco espanhol Abanca, "que não são atualmente acionistas do emitente manifestaram a sua intenção de assumir posições relevantes no capital social da Cofina", lê-se ainda no prospeto.

No caso do Abanca, pressupõe-se "o reinvestimento no presente aumento de capital do produto da venda, no âmbito da OPA [oferta pública de aquisição], das 4.269.869 ações que, de acordo com a informação publicamente disponível, detém no grupo Media Capital e que, tendo em consideração um valor de contrapartida da OPA de 2,3336 euros/ação" correspondem "a aproximadamente 9.964.166,30 euros". O Abanca pretende 22.142.591 novas ações da Cofina, ou 7,60%, de acordo com a informação do prospeto.

Em 30 de dezembro, a Autoridade da Concorrência (AdC) anunciou a sua não oposição à compra da Media Capital pela Cofina, que era uma das condições da dona do Correio da Manhã para o sucesso da oferta.

No anúncio preliminar de lançamento da oferta pública de aquisição a Cofina fez depender o sucesso da operação de um conjunto de condições prévias, entre as quais a não oposição por parte da AdC, a autorização da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC), a aprovação, pela assembleia-geral da espanhola Prisa, da transação, bem como a aprovação e execução de um ou mais aumentos de capital social da dona do Correio da Manhã para financiar a compra da Media Capital.

Em 23 de dezembro, a Cofina anunciou ter acordado com a Prisa a redução do preço da compra em 50 milhões de euros face aos 255 milhões de euros ['enterprise value'] comunicados em 21 de setembro.

A venda da Media Capital está também condicionada à renúncia por parte de vários credores financeiros da Prisa.

O grupo Cofina detém, além do Correio da Manhã e do Record, a CM TV, o Jornal de Negócios, a revista Sábado, entre outros títulos.

Por sua vez, a Media Capital conta com seis canais de televisão e a plataforma digital TVI Player. Além da TVI, canal generalista em sinal aberto, conta com a TVI24, TVI Reality, TVI Ficção, TVI Internacional e TVI África.

A Media Capital tem também rádios, nas quais se inclui a Comercial.

A Cofina estima que a compra da dona da TVI esteja concluída no primeiro trimestre deste ano e que represente sinergias de 46 milhões de euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório