Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
11º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Galp projeta produção de 10 gigawatts de energia solar em 2030

A Galp Energia quer ter uma capacidade de geração de energia solar de 10 gigawatts (GW) até 2030, dos quais 1,4 GW já este ano, adiantou hoje o presidente executivo da Galp, Carlos Gomes da Silva, em Londres.

Galp projeta produção de 10 gigawatts de energia solar em 2030
Notícias ao Minuto

11:36 - 18/02/20 por Lusa

Economia Galp

A Galp anunciou em janeiro um acordo com o grupo ACS para a compra e construção de projetos de produção de energia fotovoltaica em Espanha com uma capacidade instalada de 900 megawatts.

No Dia do Investidor, a decorrer em Londres, Carlos Gomes da Silva afirmou que está em curso o desenvolvimento de mais projetos, que vão aumentar a capacidade gradualmente, para 3,3 GW até 2023 e 10 GW até 2030.

Galp estima atingir um 'cash flow' das atividades operacionais (CFFO) de 200 milhões de euros a partir de 2023.

"A Galp tornou-se no líder de mercado em geração de energia solar na Península Ibérica, este é um marco que alcançámos, e vamos reforçar líder de oferta integrada na região", vincou.

O crescimento vai ser focado na Península Ibérica, mas a Galp está a explorar "outras geografias", não tendo especificado nenhum país em concreto.

A meta de 10 GW "depende da nossa capacidade para encontrar e desenvolver projetos que se encaixem nas nossas capacidades de investimento", indicou.

O investimento no negócio energias renováveis deverá absorver 10 a 15% do investimento global de 1.000 milhões a 1.200 milhões de euros anuais, dos quais cerca de 40% destinados à transição energética, que inclui a exploração de gás natural em Moçambique.

O investimento em energias limpas faz parte de uma estratégia de transição da petrolífera, mas também de alargar e integrar no portfólio de oferta da Galp com uma opção de eletricidade.

"Vamos combinar geração energia com armazenamento e fornecimento. Queremos diversificar o portfolio, reduzir a pegada de carbono, aumentar vendas aos clientes e aproveitar oportunidades de rentabilidade", justificou.

Em comunicado hoje ao mercado, a Galp Energia informou que o resultado líquido anual ajustado totalizou 560 milhões de euros, 21% abaixo do registado em 2018, sendo que de acordo com as normas contabilísticas internacionais (IFRS) a queda é de 46%, para 389 milhões.

[Notícia atualizada às 12h17]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório