Meteorologia

  • 18 ABRIL 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 16º

Edição

Ex-presidente da Nissan libertado sob fiança aguarda julgamento em Tóquio

O ex-presidente da Nissan Motor Carlos Ghosn, preso preventivamente em Tóquio por alegadas irregularidades financeiras, foi libertado hoje após o pagamento de uma fiança aguardando o julgamento que vai decorrer no Japão.

Ex-presidente da Nissan libertado sob fiança aguarda julgamento em Tóquio
Notícias ao Minuto

08:43 - 06/03/19 por Lusa

Economia Carlos Ghosn

Carlos Ghosn que foi detido na capital japonesa no dia 19 de novembro de 2018 abandonou hoje o centro de detenção no bairro de Kozugue às 16:32 (07:32 em Lisboa), testemunharam várias televisões.

O ex-presidente da Nissan Motor ocupava também os cargos na presidência das empresas fabricantes de automóveis Renault e da Mitsubishi.

Além de estar sujeito ao pagamento de uma fiança de 7,8 milhões de euros, a justiça japonesa vai proibir Ghosn de abandonar o país.

O antigo alto executivo da indústria automóvel é acusado de ocultar compensações milionárias e de violar a confiança da empresa Nissan tendo, supostamente, utilizado fundos da companhia para cobrir perdas financeiras pessoais.

Pouco depois de sair em liberdade provisória Ghosn emitiu um comunicado em que reafirma estar inocente prometendo defender-se "com vigor" perante a justiça.

"Estou inocente e completamente empenhado em defender-me vigorosamente num julgamento justo" afirma Ghosn considerando que é alvo de acusações sem valor e sem substância.

Carlos Ghosn, 65 anos, nega irregularidades e mantém que foi vítima de uma "conspiração da Nissan" para o afastar das funções que desempenhava.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório