Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2019
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 13º

Edição

"Orçamento podia ter ido mais longe no estímulo ao investimento privado"

Marcelo Rebelo de Sousa fez algumas considerações sobre a promulgação do Orçamento do Estado, anunciada esta sexta-feira.

"Orçamento podia ter ido mais longe no estímulo ao investimento privado"
Notícias ao Minuto

19:50 - 21/12/18 por Anabela de Sousa Dantas 

Economia Presidente Marcelo

O Presidente da República falou esta sexta-feira aos jornalistas, em Lisboa, à margem de uma visita a uma instituição, sobre a promulgação do Orçamento do Estado para 2019. O chefe de Estado lamentou, porém, a inexistência de mais estímulos fiscais mas assegurou que o caminho que o Governo tem tomado é positivo.

Marcelo Rebelo de Sousa começou por indicar que promulgou o articulado tendo em conta várias "várias razões favoráveis": "A situação económica internacional, estabilidade política, o cumprimento da legislatura, o manter-se o mesmo caminho de controlo do défice, a preocupação com a redução da dívida pública e a credibilidade nos mercados financeiros".

Questionado sobre os alertas que fez na promulgação do diploma, o governante sublinhou que uma das suas preocupações é que "o cenário que está previsto para o ano que vem não se verifique".

"É considerado um cenário generoso, isto é, otimista, pela generalidade das instituições internacionais. Se não se verificar, se ficar um bocadinho aquém por razões internacionais, isso significa que pode ser mais difícil realizar aqueles objetivos tal e qual como estão previstos", justificou.

Marcelo ressalvou que encontrou no documento "várias almofadas" que permitem "compensar essa desaceleração do crescimento económico" mas afirmou que, mesmo assim, "talvez pudesse ter ido mais longe no estímulo ao investimento privado, às empresas".

"Se na Europa ou no mundo houver uma desaceleração económica, o cenário que ali está talvez possa não corresponder à realidade", avisou.

Recorde-se que o Orçamento do Estado para 2019 foi esta sexta-feira promulgado mas com uma chamada de atenção, tendo o chefe de Estado manifestado dúvidas sobre cenário macroeconómico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório