Meteorologia

  • 25 MAIO 2019
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 17º

Edição

Dívida pública volta a subir para máximos. Está nos 251,1 mil milhões

A emissão de títulos de dívida impulsionou o endividamento do Estado para um novo máximo em outubro.

Dívida pública volta a subir para máximos. Está nos 251,1 mil milhões
Notícias ao Minuto

11:01 - 03/12/18 por Beatriz Vasconcelos 

Economia BdP

A dívida pública voltou a aumentar em outubro. De acordo com dados divulgados, esta segunda-feira, pelo Banco de Portugal (BdP), o valor do endividamento em outubro situava-se nos 251,1 mil milhões de euros, um aumento de 2,1 mil milhões face ao mês anterior. A impulsionar este aumento estiveram os leilões de dívida, segundo o supervisor. 

"Em outubro de 2018, a dívida pública situou-se em 251,1 mil milhões de euros, aumentando 2,1 mil milhões de euros relativamente ao final de setembro. Para este aumento contribuíram essencialmente as emissões de títulos de dívida em 1,9 mil milhões de euros", pode ler-se no comunicado divulgado pelo supervisor. 

O valor da dívida pública na ótica de Maastricht - que é a que conta para Bruxelas - cresceu, assim, para os 251,1 mil milhões de euros, alcançando um novo máximo, de acordo com os dados do BdP.

Já os ativos em depósitos das administrações públicas aumentaram 1,3 mil milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida de depósitos registou um acréscimo de 0,8 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 224,5 mil milhões de euros. 

Com reembolso ao FMI, tendência inverte-se?

O primeiro-ministro, António Costa, anunciou que Portugal vai pagar até ao final do ano a totalidade da dívida ao Fundo Monetário Internacional (FMI), o que pode inverter a tendência de aumento da dívida pública. 

"Com a mesma determinação com que temos governado e que me permite hoje [quinta-feira] anunciar que até ao final deste ano pagaremos a totalidade da dívida ao FMI, de 4,6 mil milhões de euros, com todo o significado que comporta mais este virar de página", declarou António Costa, na Assembleia da República, na quinta-feira passada, dia em que o Orçamento do Estado para 2019 foi aprovado em sede de votação final global. 

[Notícia atualizada com mais informação às 11h25]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório