Meteorologia

  • 20 AGOSTO 2018
Tempo
25º
MIN 22º MÁX 29º

Edição

Governo quer atrair jovens para a indústria com mais cursos profissionais

A secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, defendeu hoje que é preciso atrair mais jovens para trabalharem na indústria e revelou que a oferta de cursos profissionais neste setor vai aumentar no próximo ano letivo.

Governo quer atrair jovens para a indústria com mais cursos profissionais
Notícias ao Minuto

11:37 - 22/05/18 por Lusa

Economia Teresa Lehmann

"A percentagem de cursos profissionais em áreas relevantes para a Indústria 4.0 aumentará de 26%", no presente ano letivo, "para 40% no próximo ano", disse a governante, que discursava no 15.º Encontro Nacional de Inovação COTEC, a decorrer hoje em Évora.

Segundo a secretária de Estado, que falava na sessão de abertura do encontro, "a escassez da força de trabalho para a indústria e a atratividade" deste setor "para os jovens são temas importantíssimos para o Governo".

"Estamos, por isso, a trabalhar em medidas para aproximar especificamente os jovens da indústria e vamos lançar, em breve, uma campanha, que está a ser trabalhada, para mostrar que a indústria pode ser uma atividade prestigiante para trabalhar", realçou.

Dirigindo-se aos alunos da Universidade de Évora presentes na plateia do encontro, a par de empresários e empreendedores, Ana Teresa Lehmann afirmou que "a indústria é uma atividade de futuro".

"A indústria proporciona-vos carreiras de longo prazo e que, com a devida especialização, podem ser potencialmente muito bem remuneradas", vincou a governante.

Na sua intervenção, a secretária de Estado também assinalou que a indústria portuguesa "tem sabido acompanhar muito bem" a mudança tecnológica e as inovações no setor e, como exemplo, aludiu à iniciativa Indústria 4.0, lançada "há pouco mais de um ano" pelo Governo.

"Em 15 meses, 80% das medidas" da Indústria 4.0 "estão em execução ou já executadas, o que é um indicador muito importante, considerando que a estratégia é a quatro anos e que estamos a menos de um terço do seu período de execução", realçou.

Agora, frisou, está a iniciar-se "uma nova fase", em que o Governo pretende "acelerar a transformação e chegar às pequenas e médias empresas (PME) de uma forma massiva".

Ana Teresa Lehmann lembrou que "99,7% das empresas portuguesas em número são PME", pelo que "difundir a digitalização nas pequenas e médias empresas é o grande desafio nacional para a indústria".

Este setor, destacou ainda a secretária de Estado, "é crucial" para Portugal e, tal como a Europa, o país não se pode "demitir da sua vocação industrial".

Subordinado ao tema "Prosperar na Tempestade Perfeita", a 15.ª edição do Encontro Nacional de Inovação é promovida pela COTEC Portugal - Associação Empresarial para a Inovação, decorrendo ao longo da manhã nas instalações das fábricas da construtora aeronáutica brasileira Embraer em Évora.

A iniciativa visa proporcionar a líderes empresariais e gestores de múltiplos setores da economia portuguesa a troca de experiências, debate e 'networking' (contactos).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.