"Polémica com o Sporting? É um conflito que não faz sentido"

José Couceiro lamentou desacatos entre os leões e sadinos, no passado mês de janeiro.

© Global Imagens
Desporto Couceiro

Os desentendimentos entre o Vitória de Setúbal e o Sporting voltaram a vir ao de cima, desta vez pelo treinador dos sadinos José Couceiro.

PUB

Em declarações à A BolaTV, o técnico português decidiu relembrar a história de cooperação entre ambos os emblemas, que em outrora era uma realidade.

"O Vitória e o Sporting sempre se deram bem. Pena que alguns não conheçam a história e tenham atitudes que não deviam tomar", afirmou Couceiro.

Entretanto, o técnico dos sadinos tentou explicar a polémica envolta de André Geraldes e Ryan Gauld, no mês de janeiro.

"Estava preparado para que não jogassem. Na manhã, antes do jogo, no nosso treino, perguntei aos dois se alguém tinha falado com eles ou se se sentiam condições para jogar. Eles sabiam que até tinha preparado dois onzes diferentes. Só depois é que tive conhecimento do telefonema que tinha sido feito para não jogarem. Porque não me ligaram a mim? Nestes casos entendo que as relações e o bom senso devem prevalecer. Até porque é uma estupidez existir uma regra na Liga e outra na Federação diferente. Os grandes prejudicados foram os jogadores", destacou.

Em última instância, Couceiro mostrou-se ao lado do presidente do Vitória de Setúbal, na forma como lidou com a situação.

"O presidente do Vitória atuou no seu sentimento de razão. Mas é um conflito que não faz sentido algum na minha opinião. E lamento que a questão se agudize sem conhecerem a história entre os clubes. Essa é que é a verdade", finalizou.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser