Meteorologia

  • 19 AGOSTO 2019
Tempo
22º
MIN 19º MÁX 25º

Edição

Platini defende-se: "Sou um homem livre"

O presidente da UEFA ameaça processar a France Football e garante fazer as escolhas com independência.

Platini defende-se: "Sou um homem livre"

Michel Platini negou as acusações feitas numa reportagem da revista France Football e ameaça processar a publicação. "Reservo-me o direito de processar qualquer um que questione a minha integridade neste voto", declarou o presidente da UEFA e vice-presidente da FIFA, acusado de vender o voto no processo de escolha do Mundial de 2022.

"Acreditar que a minha escolha no Qatar 2022 foi por causa de arranjos entre França e o governo daquele estado não é mais do que pura especulação", acrescentou, em comunicado.

Segundo a France Football, Platini esteve presentes nas negociações com o primeiro-ministro do Catar e com o presidente francês Nicolas Sarkozy. "O presidente Sarkozy nunca me pediu para votar no Cartar 2022 porque ele sabe que sou um homem livre. Eu faço as minhas escolhas com total independência, através de uma lógica simples: a abertura dos países que nunca organizaram grandes competições desportivas", garantiu.

Registe-se na Betano e aproveite o Bónus de 50% até 50€ no primeiro depósito! Jogue no Casino e ganhe Rodadas Grátis!

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório