Meteorologia

  • 20 JULHO 2024
Tempo
28º
MIN 20º MÁX 28º

Diário do Euro'2024: 'Belligol', o rabo de Hjulmand e um dedo no nariz

Ao longo do Euro'2024, o Desporto ao Minuto apresenta-lhe um diário de bordo que o deixará a par de todas as novidades. Há resultados, marcadores, declarações, momentos de bastidores e muito mais para acompanhar ao minuto.

Diário do Euro'2024: 'Belligol', o rabo de Hjulmand e um dedo no nariz
Notícias ao Minuto

07:04 - 17/06/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Euro 2024

O terceiro dia do Euro'2024, que aconteceu no domingo, marcou a entrada em campo de um novo favorito à vitória final. A candidata ao título Inglaterra assumiu desde já a liderança do Grupo C, mas não teve tarefa fácil para alcançar esses intentos.

Mas já lá vamos. Ao terceiro dia de prova, tivemos um domingo sangrento. Ao início do dia, um homem foi abatido pela polícia em Hamburgo depois de ameaçar os agentes com uma picareta e um engenho explosivo. O homem foi hospitalizado e está sob vigilância policial.

Mais tarde, e ainda antes do apito inicial do Sérvia-Inglaterra, foi a vez de adeptos albaneses, ingleses e sérvios se envolverem em violentos confrontos. E a UEFA abriu ainda um procedimento disciplinar por mau comportamento de adeptos albaneses.

Com o foco agora no que se aconteceu dentro das quatro linhas, os Países Baixos não deixaram os créditos por maus alheias e impuseram-se, sem surpresa, à Polónia, por 2-1, no Volksparkstadion, em Hamburgo. Mas a festa tinha começado ainda antes do apito inicial de Artur Soares Dias. As ruas desta cidade alemã pintaram-se de um intenso laranja, num clima festivo prévio à partida.

Desfalcados de Robert Lewandowski, os polacos surpreenderam por Buksa, mas Cody Gakpo fez questão de empatar ainda na primeira parte. Na parte final o ex-treinador do Benfica Ronald Koeman, que esteve no pior do encontro ao ser apanhado a colocar o dedo no nariz e depois dentro da boca, percebeu que precisava de um jogador de área e, aos 81 minutos, lançou Wout Weghorst. O avançado, que até tinha previsto que ia marcar, deu o triunfo suado aos neerlandeses. Houve ainda tempo para Depay chamar a atenção com uma fita que usou no cabelo.

Mais tarde, em Estugarda, Dinamarca e Eslovénia selaram o primeiro empate do Euro'2024, num duelo em que os nórdicos alinharam de início com o benfiquista Bah e o sportinguista Hjulmand. O encontro começou de forma poética com um golo de Christian Eriksen, que na estreia na edição anterior teve uma paragem cardíaca assustadora, frente à Finlândia. Os eslovenos, que voltaram a uma fase final de um Europeu 24 anos depois, chegaram ao empate aos 77 minutos, num remate de Erik Janza desviado... pelo rabo de Hjulmand.

No encontro que encerrou o dia, Inglaterra começou a marcar posição na corrida ao ceptro, ainda que a exibição contra a Sérvia não tenham tido grande brilhantismo. Um cabeceamento certeiro de Bellingham, que até se envolveu numa picardia, foi suficiente para a vitória. No entanto, os britânicos tiveram de suar para segurar a curta vantagem.

Neste terceiro dia houve também espaço para a política entrar em campo. O capitão francês Kylian Mbappé apelou ao voto dos jovens nas próximas eleições legislativas francesas, explicando que é um "momento crucial" na história do país. O dianteiro, que se vai mudar para o Real Madrid este verão, disse ser também contra os extremismos. Do lado mais engraçado, o húngaro Martin Ádám tem surpreendido pelo seu físico. Já Pavlović renovou contrato com o Bayern depois de ficar de fora do Euro'2024.

Dia de Roberto Martínez falar

No domingo, Portugal continuou a preparar o jogo com a Chéquia, num treino que teve todos os jogadores disponíveis. João Cancelo falou aos jornalistas e lamentou ter falhado o Euro'2020 por culpa da Covid-19. Esta segunda-feira, é dia de Roberto Martínez e de um jogador falarem na antevisão ao jogo com os checos. E por falar neste adversário, Portugal encontra pela quarta vez a Chéquia numa fase final de um Europeu. Mas se queremos vencer este Euro, temos de entrar com o pé esquerdo. Pelo menos é o que reza a história.

E por falar em rezar, que rezou pela presença de Cristiano Ronaldo junto ao hotel da seleção nacional foram mesmo os milhares de adeptos que o fizeram. Uns tiveram a sorte de receber um autógrafo, ao passo que outros viram o luso pedir-lhes calma. E ainda sobre a Chéquia, ficou a saber-se que vamos ter árbitro italiano na terça-feira.

No que a encontros desta segunda-feira diz respeito, o de maior cartaz coloca frente a frente França e a Áustria. Antes disso, a Bélgica defronta a Eslováquia, e a Ucrânia, com Trubin nos eleitos, vai medir forças com a Roménia.

A agenda da seleção nacional para esta segunda-feira (hora de Portugal Continental)

Conferência de imprensa: 16h30
Treino: 17h30

Os jogos deste dia

Roménia-Ucrânia, 14h00 (Allianz Arena, Munique) - Sport TV 1

Bélgica-Eslováquia, 17h00 (Deutsche Bank Park, Frankfurt) - Sport TV 1

Áustria-França, 20h00 (Merkur Spiel-Arena, Dusseldorf) - RTP1

Leia Também: EM DIRETO: Inglaterra sofre para vencer a Sérvia

Leia Também: As imagens do 3.º dia do Euro'2024: Houve roer de unhas em dia de estreia

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório