Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2024
Tempo
16º
MIN 12º MÁX 18º

Pablo Villar atira: "Sou um treinador jovem, com muitas voltas ao mundo"

O treinador Pablo Villar disse hoje que o Vizela, da I Liga portuguesa de futebol, deve ser uma equipa "alegre e vertical", que ganhe duelos, e estimou serem precisos seis ou sete reforços para completar o plantel.

Pablo Villar atira: "Sou um treinador jovem, com muitas voltas ao mundo"
Notícias ao Minuto

19:13 - 28/06/23 por Lusa

Desporto Vizela

Aos 36 anos, o substituto de Tulipa no comando técnico dos vizelenses vai cumprir a primeira época em Portugal, depois de ter orientado, em 2022 e no início de 2023, o Riteriai, do principal campeonato da Lituânia, e prometeu "máxima ambição e máxima exigência", num clube com "espírito de luta".

"Sou um treinador muito jovem, que deu muitas voltas ao mundo. Quero dar continuidade ao trabalho feito nos anos anteriores. Estive a conhecer a história da cidade e percebi como é lutadora. [...] Quero uma equipa que vá à luta em cada lance, que ganhe duelos, alegre e vertical", realçou, na apresentação da sua equipa técnica, antes do primeiro treino da época 2023/24.

Convencido de que a principal diferença do futebol em Portugal para o que se joga na Eslováquia, onde esteve na época 2021/22, ao serviço do Pohronie, e na Lituânia é a "paixão" com que se vive o desporto, o treinador espanhol revelou ainda que os minhotos precisam de "seis ou sete reforços" para colmatarem as saídas até agora ocorridas e completarem o plantel.

Depois de confirmadas as saídas dos defesas Aidara e Kiki Afonso, do médio Claudemir e do ponta de lança Osmajic, o presidente do conselho de administração da SAD, Joaquim Ribeiro, afirmou que os vizelenses estão "a tentar segurar com unhas e dentes" os restantes habituais titulares da época transata para manter a identidade da equipa.

Ainda que a manutenção seja o "objetivo base", o dirigente afirmou que a principal meta do Vizela para 2023/24 é a de melhorar o 11.º lugar da temporada anterior e recusou que a aposta em Pablo Villar seja uma aposta de "risco", face ao conhecimento que, no seu entender, mostrou sobre o futebol luso.

"Respondeu com competência a todas as dúvidas que poderíamos ter. Pensámos em várias opções, mas ele mostrou um trabalho muito aprofundado, além de trazer uma equipa técnica muito competente. Não temos dúvidas de que vai ser uma aposta forte", disse, ao lado do treinador, no relvado do Estádio do Futebol Clube de Vizela.

Para Joaquim Ribeiro, a escolha do técnico oriundo das Astúrias visa "dar continuidade" aos "sucessos" alcançados pelos treinadores Álvaro Pacheco, que conduziu o Vizela do Campeonato de Portugal até à I Liga, entre 2019/20 e 2021/22, e Tulipa, que alcançou o 11.º posto, o melhor da história vizelense.

Leia Também: Após castigo da UEFA, Mourinho é suspenso em Itália por difamação

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório