Meteorologia

  • 11 AGOSTO 2022
Tempo
25º
MIN 19º MÁX 26º

Vitinha e a mudança para o PSG: "Quero impor a minha maneira de jogar"

Médio português diz querer ser uma "referência" no conjunto francês.

Vitinha e a mudança para o PSG: "Quero impor a minha maneira de jogar"
Notícias ao Minuto

19:41 - 06/07/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Declarações

Poucos dias depois de ser confirmado como jogador do Paris Saint-Germain, Vitinha concedeu, esta quarta-feira, uma entrevista à estação de rádio francesa RMC Sport, na qual garantiu que não está assustado com a mudança.

"Ficaria assustado se não tivesse jogado no FC Porto, se não tivesse jogado onde quer que estivesse. Isto é o que toda a gente sonha, só me deixa feliz e não estou com medo. Qualquer jogador vem com a intenção de ser titular. Quem quer ser um substituto? O que é verdade é que apenas onze jogadores podem iniciar partidas. Eu tenho que estar pronto para qualquer cenário. Se eu jogar, é perfeito, é o que todo jogador quer, se eu não jogar, terei que estar pronto para trabalhar ainda mais", começou por dizer o antigo jogador do FC Porto, sublinhando que não sente qualquer tipo de pressão pelo valor da transferência.

"Não presto atenção nisso. É algo que é ditado pelo mercado, pelos clubes. Não posso e não devo focar-me nisso. Concentro-me no meu trabalho diário e é isso que posso prometer aos adeptos do PSG. Trabalho para estar pronto para ajudar a equipa", destacando que quer ser uma "referência" do clube.

"Este era um dos meus objetivos. O campeonato francês é muito competitivo, um pouco físico, muito rápido no jogo. E vamos ver como reajo a essas características do jogo. E como já disse quando assinei pelo Paris SG, também quero impor o meu jogo, impor um pouco a minha maneira de jogar, para que eu seja importante", vincou Vitinha

O internacional português disse preferir que os adeptos tirem "conclusões" sobre o seu estilo de jogo, abordando ainda as comparações com Xavi, Deco e Moutinho.

"Não gosto muito de falar de mim, prefiro que vejam e tirem conclusões. Sou um jogador técnico, gosto de ter bola, organizar jogo, criar e adicionei também, ultimamente, a parte defensiva, a agressividade, o reagir à perda da bola", atirou Vitinha.

"Vi um bocadinho de todos. Gostei de os ver jogar, mas quero ser o Vitinha, ser uma referência mais tarde. Verratti? Temos médios de todas as características. Sou mais um para ajudar", finalizou.

Leia Também: As primeiras imagens de Vitinha a treinar no Paris Saint-Germain

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório