Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Meio anjo, meio diabo: As notas do Benfica-Bayern Munique

Setenta minutos de bom nível esbarraram num quarto de hora para esquecer. Vlachodimos adiou, Neuer salvou. Apesar da derrota, águias chegam ao equador do apuramento em posição de seguir para os oitavos de final.

Meio anjo, meio diabo: As notas do Benfica-Bayern Munique

Inglório será um dos possíveis adjetivos a utilizar quando nos lembrarmos do jogo de ontem. Se a superioridade do Bayern Munique jamais foi colocada em equação, o mesmo não se poderá dizer do vencedor do encontro que opôs o campeão alemão pela nona (!) época consecutiva ao Sport Lisboa e Benfica, terceiro classificado do último campeonato.

O Gigante da Baviera esteve invariavelmente por cima do encontro, mas, ao contrário do que já o vimos fazer, nunca foi dono e senhor do resultado até à obra-prima de Sané, pintada no minuto 70.

Até lá, as iniciativas individuais dos jogadores encarnados, com Darwin em evidência - um autêntico case study o uruguaio, que alterna rasgos de génio com lances de amador -, abanaram por mais que uma ocasião a estrutura alemã: não fosse o engenheiro Neuer e a derrocada podia ter acontecido.

Não obstante os lances de perigo criados pelas águias, quase sempre em transições, os dois golos anulados e as duas bolas nos postes dos bávaros são paradigmáticos do poderio daquele que é, por estes dias, o clube mais forte do mundo. Não tendo as individualidades do Paris Saint-Germain, contra quem caíram na última edição, o Bayern é um coletivo temível com jogadores de grande qualidade. 

Não partiu como favorito à passagem aos oitavos, mas as exibições do Benfica nesta edição da liga milionário - exceção feita aos últimos 15 minutos do jogo de ontem - mostraram que a fase a eliminar desta prova lhe assenta melhor do que a russos e espanhóis.

Figura

Filho do ex-futebolista Soleyman Sané e de Regina Weber, medalhista olímpica em ginástica rítmica, Leroy Sané tem nos genes o jogo de cintura dos predestinados. Se a este juntarmos a velocidade estonteante e a capacidade técnica temos o resultado que a Luz presenciou: dois golos, uma assistência e outros tantos pormenores só ao alcance dos melhores.

Surpresa

Formado na Baviera, Josip Stanisic somou o segundo jogo na liga milionária e, nos treze minutos que esteve em campo, conseguiu assistir Sané para o quarto e último golo do jogo. Internacional croata por duas ocasiões - apesar de também ter nacionalidade alemã -  o lateral de 21 anos é para seguir com atenção e não surpreenderá se acabar a época com muitos jogos nas pernas.

Desilusão

Primeiro princípio básico da defesa, a contenção é a arma preferencial dos defensores quando apanham pela frente jogadores do calibre de Coman, Sané ou Gnabry. Ora Diogo Gonçalves, que foi várias vezes deixado sozinho com estes, não conseguiu travar as investidas ofensivas dos extremos adversários. Esteve perto de fazer um golo de levantar o estádio com o pé zurdo, mas defensivamente mostrou-se aquém para este nível.

Treinadores

Jorge Jesus: O técnico encarnado escalou aquele que tem sido o onze de gala para esta competição e, apesar do resultado, não se pode dizer que o Benfica tenha estado mal. A pressão demasiado alta no início do encontro foi rapidamente alterada e o posicionamento defensivo, até ao 2-0, esteve exímio, deixando várias vezes o adversário em fora de jogo. Ofensivamente, a aposta na velocidade de Darwin e Rafa esteve perto de resultar, mas a qualidade de Neuer e a falta desta na decisão de Darwin não deixaram a águia voar mais alto. 

Julian Nagelsmann: O técnico alemão não esteve presente no Estádio da Luz, uma vez que se sentiu indisposto durante a tarde. Ainda assim, nota para a saída a três da sua equipa, que obrigou a que o Benfica pressionasse com mais um elemento que o habitual.

Árbitro

Arbitragem sem influência no resultado de Ovidiu Hategan. Bem auxiliado pelo vídeo-árbitro no lance dos dois golos anulados ao Bayern Munique. 

Leia Também: 15 minutos à B... ayern dizimaram Benfica, que obrigou Neuer a brilhar

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório