Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2020
Tempo
17º
MIN 12º MÁX 20º

Edição

Sérgio Oliveira faz carburar meio-campo portista com números categóricos

Médio português contabiliza dois golos e uma assistência em dois jogos e já ganhou estatuto de indiscutível no onze de Sérgio Conceição.

Sérgio Oliveira faz carburar meio-campo portista com números categóricos

A goleada aplicada pelo FC Porto ao rival Boavista (5-0), no dérbi da Invicta disputado no Bessa no último sábado, constitui mais uma demonstração de que o dragão entrou com a corda toda na nova época. Sérgio Oliveira ficou diretamente ligado ao triunfo folgado, com um golo e uma assistência, e provou que atravessa um dos melhores períodos da carreira, e talvez o melhor com a camisola azul e branca. 

Antes da visita ao Bessa, o internacional português já tinha estado em destaque na vitória ante o Sp. Braga (3-1), no arranque do campeonato, com um golo, mas foi no Bessa que Sérgio Oliveira conseguiu uma exibição deslumbrante nos vários momentos do jogo. 

Além de ter marcado o segundo golo azul e branco, de ter assistido Marega para o terceiro e de ter participado na jogada de laboratório que resultou no quarto, o médio de 28 anos conseguiu 'encher' o meio-campo correspondendo às exigências ofensivas e defensivas que aquele lugar no onze de Sérgio Conceição pede. 

Os dados disponibilizados pela GoalPoint não deixam margem para dúvidas: três passes para finalização, cinco passes ofensivos valiosos, três interceções e nove recuperações de bola. Tudo isto resulta numa bela exibição de Sérgio Oliveira no Bessa, tal como é pedido a um jogador que desempenhe funções de 8. 

Melhor arranque da carreira 

Sérgio Oliveira nunca tinha arrancado com 'tanto gás'. Os dois golos nos dois primeiros jogos oficiais do FC Porto em 2020/20 constituem o melhor registo pessoal do médio português na carreira de jogador profissional. 

Além disso, é preciso recuar até 2018 para encontrar uma partida na qual Sérgio Oliveira tivesse assistido e marcado. Aconteceu diante do Desportivo de Chaves há dois anos. 

Renovação tarda em aparecer 

Numa altura em que é apontado como uma das unidades mais importantes da equipa do FC Porto, a renovação de contrato de Sérgio Oliveira tarda em ser anunciada. O médio de 28 anos termina contrato em junho de 2021, mas pode assinar por outro clube já a partir de janeiro caso o vínculo com os portistas não seja prolongado até lá. 

Recorde-se que Sérgio Oliveira fez toda a formação no FC Porto, mas a sua estadia na equipa principal dos dragões já passou por alguns períodos de intermitência. No Nantes, na temporada 2016/17, cruzou-se com Sérgio Conceição no Nantes e mereceu nova oportunidade no FC Porto aquando a chegada do técnico português ao Dragão. 

Em janeiro de 2019 foi emprestado ao PAOK e ainda foi a tempo de ajudar a equipa de Salónica a conquistar um campeonato que há tanto tempo lhe fugia. Regressou novamente ao FC Porto e agarrou um lugar de relevo na equipa que conquistou a dobradinha, formada pela conquista do campeonato e da Taça de Portugal. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório