Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2020
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Edição

FC Porto - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

"Bruno Lage também não tinha muita experiência"

Final da Taça de Portugal coloca, este sábado, frente a frente Benfica e FC Porto.

"Bruno Lage também não tinha muita experiência"

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, na companhia do capitão Danilo Pereira, fez esta sexta-feira a conferência de imprensa de antevisão â final da Taça de Portugal diante do Benfica.

Na conversa com os jornalistas, o treinador do FC Porto destacou a importância de conquistar um título que nunca ganhou na carreira enquanto jogador. Os dois intervenientes salientaram também que uma final não tem favoritos.

Confira as principais declarações do técnico portista e do capitão dos azuis e brancos.

Final da Taça em Coimbra: Eu gosto é de ganhar, nem que seja na China. Eu sou de uma aldeia próxima, Oliveira de Frades, com muito orgulho. Quando vou a Coimbra, vêm-me algumas recordações, mas isso é secundário. Seja em Coimbra, no Cazaquistão, na China, é exatamente igual. Interessa é ganhar.

Diferenças entre Lage e Veríssimo: Pequenas diferenças porque um ou outro jogador são diferentes. Por si só, a dinâmica é diferente. Cabe-nos a nós escrutinar e preparar o jogo da melhor forma."

Pressão para o jogo: O avaliar dessa pressão, acho que não há nenhum aparelho. Só as panelas. Obviamente, que não era pelas duas finais que o Danilo perdeu que se as ganhássemos que não queria ganhar amanhã, a motivação é exatamente igual.

Conquista da Taça: É um título importante para a minha carreira que não vai mudar nada como treinador.

Ansiedade na véspera da final: Quando era jogador gostava de sentir essa sensação até à hora que o jogo começava. Depois isso passava. Enquanto treinador quero sentir essa adrenalina. Frio na barriga sinto quando fui encontrando pessoas com dificuldade, especialmente crianças e idosos. Isso toca-me. Há coisas mais importante do que uma final. Tenho a adrenalina normal de um jogo de futebol. Fico emocionado com facilidade.

O que a pandemia mudou: Tivemos de fazer muitas coisas diferentes. Era uma situação nova para toda a gente a que nos tivemos de adaptar. O estado de espírito foi fantástico, da parte dos jogadores, do staff e da equipa médica. Não é fácil querer determinado treino para diferentes jogadores. Houve muita gente a contribuir para que os jogadores tivessem a carga e qualidade que quisemos que tivessem. Houve muitas videoconferências.

Uribe e Luis Diaz: Não falei com o departamento médico. Trabalharam de forma condicionada. Todas as horas neste tipo de lesão são importantes passar saber se podemos contar ou não com eles. Vamos esperar até perto do jogo. Se não estiveram os dois estão outros dois que também vão querer ganhar. Não será uma questão de qualidade, porque qualidade todos têm, mas terão outras caraterísticas, naturalmente.

Que Benfica espera? Não faço ideia de qual foi o plano traçado pelo treinador do Benfica. Não posso controlar aquilo que é aquele lado estratégico. Controlamos o nosso trabalho e a nossa estratégia. O que adversário faz ou não depende daquilo que fizermos. Esta é uma final apaixonante porque é imprevisível. Não há favoritos para finais e quando estas finais são jogadas por dois clubes históricos.

Abordagem mediática do título: Vi uma grande alegria por parte dos sócios, dos adpetos e de toda a estrutura. Tudo o que é falar do futebol a nós não nos interfere em nada. Nem estatísticas nem o que se fala na imprensa. Temos de nos focar no nosso trabalho e o nosso objetivo que é chegar bem ao jogo para vencê-lo. Se pensarmos nisso corremos o risco de nos distrairmos e essa distração pode custar o jogo.

Elogios Luís Gonçalves: Não gosto deste tipo de elogios. Quando estou em competição a melhor coisa é não falar e focar-me no jogo. O engenheiro Luís Gonçalves tem de falar de vez em quando, ele não dá muitas entrevistas, mas foi uma peça importante neste título. Olho com responsabilidade para os elogios e com vontade de continuar a agradar às pessoas.

Diogo Costa titular: Vou escolher o onze que me dá mais garantias para vencer a final.

Treinador com menos experiência no Benfica: O Bruno Lage também não tinha muita experiência quando entrou na equipa no ano passado e fez um bom trabalho. Isso não interfere muito porque o Veríssimo já é treinador há alguns anos. Muitos deles têm trajetos longos na formação onde se aprende muito. Não vejo que haja alguma vantagem nisso.

Aprendizagem nos últimos três anos: Aprendo todos os dias com os jogadores, com as pessoas que trabalham comigo e até com, não desprestigiando a profissão, com quem trata a relva e muito. A aprendizagem é contínua e diária. É preciso estar aberto a isso e eu estou.

FC Porto favorito: Com a experiência que tenho no mundo do futebol, acho que os dois jogos que fizemos contra o Benfica, por muito contentes que estejamos, fazem parte do passado. O que está à nossa frente é o jogo de amanhã. A estatística de que falava sobre como foram as taças que o Benfica ganhou não interfere na preparação para o jogo.

Preparação para a final diferente: A preparação do jogo foi igual a todas as outras semanas que antecederam os jogos do campeonato, da Taça da Liga e das competições europeias. Não muda nada. Foi uma semana normal de trabalho, com muita ambição, determinação e confiança. Estamos prontos para um jogo importante no qual está em jogo um título.

12h55 - Segue-se agora Sérgio Conceição

Preparação da nova época: Não fazia sentido olhar para a próxima época quando esta época longa ainda tem a final da Taça em disputa. Não fazia estar a pensar no futuro longíquo.

Bom momento pós-retoma: Acho que foi o espírito que tivemos. Nunca deixámos de trabalhar, mesmo estando em quarentena. Continuámos sempre com o mesmo foco. Sabíamos que depois da pandemia o campeonato ia regressar e que quem estivesse numa melhor fase é que ia conseguir ganhar o campeonato. E foi nesse intuito que trabalhámos sempre. Chegámos num momento positivo e ganhámos o campeonato.

Duas vitórias frente ao Benfica: Ganhar dois jogos contra o nosso rival é sempre motivante. Uma final é un jogo diferente, em que o nível de motivação vai estar muito alto. Não depende do momento em que estão as duas equipas, mas de apenas um jogo. Não acho que por termos ganho os dois confrontos frente ao Benfica vamos estar em melhor forma.

Vontade especial de ganhar: Haveria esta ambição mesmo se tivesse ganho as outras finais porque enquanto jogadores de futebol somos ambiciosos. No FC Porto somos ambiciosos por natureza e queremos ganhar o máximo de títulos possível e este é um deles.

Ganhar a Taça depois do campeonato: Tem uma importância grande. Depois do campeonato, esta é a taça mais importante em Portugal, é a taça rainha. É sempre importante ter mais um título e não o vamos descartar. Olhamos com muita ambição para esta final, sabendo que já tivemos algumas finais que não ganhámos. Queremos mudar este rumo.

Benfica em vantagem em finais da Taça: Uma final da Taça é uma motivação extra para nós. Desde que o míster chegou estamos sempre a lutar por várias frentes. Aquilo que são as estatísticas é apenas história. Temos de jogar uma final e as finais são para ganhar. Não estamos a olhar para números.

Ambiente na equipa: Vejo a equipa confiante, com um bom espírito, e isso é importante para defrontarmos um adversário difícil que é nosso rival. Temos estado a treinar bem. Temos de ter um bom espírito para ganhar esta final.

12h47 - Começa a falar Danilo Pereira

O FC Porto encerra, este sábado, a temporada 2020/21 com um duelo diante do Benfica, num encontro relativo à final da Taça de Portugal, que se irá disputar no Estádio Cidade de Coimbra

Antes do encontro, e ao início da tarde desta sexta-feira, Sérgio Conceição e o capitão dos dragões Danilo Pereira falam aos jornalistas numa conferência de imprensa que irá decorrer no centro de estágios do Olival, em Gaia, onde irão fazer a antevisão à partida.

A conferência de imprensa tem início marcado para as 12h30 e pode acompanhá-la, em direto, na página do Desporto ao Minuto.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório