Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Sterling não quer ser comparado com Messi e Cristiano Ronaldo

Avançado do Manchester City diz que precisa de "marcar 50 ou 60 golos por ano durante os próximos 15 anos" para chegar ao nível dos dois 'colossos'.

Sterling não quer ser comparado com Messi e Cristiano Ronaldo

Apesar de estar nomeado para a edição de 2019 da Bola de Ouro, prémio entregue pela France Football ao melhor jogador do mundo, Raheem Sterling pede aos críticos que não o tentem comparar com Lionel Messi e Cristiano Ronaldo.

Em entrevista concedida à revista britânica FourFourTwo, o avançado do Manchester City teceu rasgados elogios aos jogadores de Barcelona e Juventus, e explicou o que precisa de fazer para chegar a esse nível.

"Messi é único. Ouve, se marcar 50 ou 60 golos por ano durante os próximos 15 anos, então podem falar-me sobre isso. Neste momento, não me falem sobre Ronaldo ou Messi", atirou.

"Não quero ouvir essa ligação. Não estou a dizer que não me valorizo a mim mesmo, mas esses dois tipos têm-no feito ao longo dos últimos 15 anos. Isso é inédito, marcar 40, 50 ou 60 golos durante 15 anos", acrescentou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório