Meteorologia

  • 24 ABRIL 2019
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Edição

Sporting - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

Sporting vai agir judicialmente contra sócio do Boavista

Em causa estão “as cobardes agressões ao membro do Conselho Diretivo”, afirma o clube o leonino.

Sporting vai agir judicialmente contra sócio do Boavista
Notícias ao Minuto

18:27 - 10/03/19 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Comunicado

O Sporting informou este domingo, através de um comunicado, que vai agir judicialmente contra Jorge Loureiro, sócio e membro do Conselho-Geral do Boavista, pelas alegadas agressões a um membro do Conselho Diretivo do clube leonino.

Os leões referem ainda que "participará junto da Liga Portugal, da Federação Portuguesa de Futebol e das entidades competentes com vista à exclusão de Jorge Loureiro dos recintos desportivos de Portugal"

Contudo, existe outra versão dos acontecimentos. Segundo fonte próxima de Jorge Loureiro, não existiram quaisquer agressões a Miguel Nogueira Leite.

Fonte próxima do associado do Boavista admite "algumas altercações de parte a parte" com o membro do Conselho Diretivo dos leões na tribuna do Bessa, "mas nada mais do que isso".

Versões à parte, fique com o comunicado oficial do Sporting:

"Em face dos vergonhosos acontecimentos ontem verificados depois do final do jogo Boavista FC - Sporting CP – nomeadamente, as cobardes agressões ao membro do Conselho Directivo (CD) do Sporting Clube de Portugal (SCP) e também o clima de intimidação criado por um grupo de cerca de 20 pessoas, algumas pertencentes aos Órgãos Sociais do Boavista FC, sobre dois membros do CD do SCP, eventos que tiveram como testemunha maior o próprio presidente da Liga de Clubes, Dr. Pedro Proença, e que mereceram um pedido de desculpas dos dirigentes do Boavista FC, Dr. Álvaro Braga e Dr. Vítor Murta, ao presidente do SCP – o Conselho Directivo do Sporting Clube de Portugal informa que:

a. Agirá criminalmente contra Jorge Loureiro, sócio 1640 do Boavista FC e membro do Conselho-Geral do Boavista FC, pelas agressões contra um membro do Conselho Directivo do SCP, conforme já registado pelo Sr. Comandante Benjamim Ribeiro;

b. Participará junto da Liga Portugal, da Federação Portuguesa de Futebol e das entidades competentes com vista à exclusão de Jorge Loureiro dos recintos desportivos de Portugal;

c. Participará junto da Liga Portugal e da Federação Portuguesa de Futebol para comprovar as condições de segurança existentes no Estádio do Bessa, devendo aquelas entidades tomar as necessárias medidas, nomeadamente disciplinares, quanto aos factos ocorridos contra o dirigente do SCP.

O futebol português necessita de ser defendido de todos estes ataques. Todos os dirigentes desta modalidade têm de conseguir pautar as suas condutas e intervenções com elevado sentido de urbanidade e respeito por todos os agentes. Temos de conseguir pôr fim a estes delírios que quase todas as semanas envergonham o nosso campeonato.

O Sporting Clube de Portugal e o seu Conselho Directivo continuarão a lutar por uma forma de estar diferente no futebol em Portugal, procurando dignificar esta indústria e o espectáculo, defendendo sempre a Verdade."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório