Meteorologia

  • 25 MAIO 2018
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 20º

Edição

Fuga ao fisco: CR7 admite declarar-se culpado e pagar 14 milhões de euros

Fisco espanhol está a analisar a proposta do jogador português, que se aproxima do valor que este é acusado de defraudar o Estado.

Fuga ao fisco: CR7 admite declarar-se culpado e pagar 14 milhões de euros
Notícias ao Minuto

07:05 - 18/05/18 por Carlos Pereira Fernandes

Desporto Espanha

O caso que opõe o Fisco espanhol a Cristiano Ronaldo, que é acusado de defraudar o Estado em 14,7 milhões de euros em impostos relativos à exploração dos direitos de imagem, pode estar um passo mais perto de dar-se por encerrado.

Segundo avança o jornal espanhol El Mundo, o internacional português já avançou com a sua primeira proposta formal junto do Ministério das Finanças: admite declarar-se culpado dos quatro delitos fiscais de que é acusado e pagar uma multa de 14 milhões de euros.

O Estado espanhol tem vindo a exigir o pagamento de uma coima superior a 30 milhões de euros, valor que, no entanto, o jogador do Real Madrid não pretende fazer face. O Fisco estará, neste momento, a analisar a proposta que colocou em cima da mesa.

Caso ambas as partes não cheguem a acordo, escreve a publicação, e CR7 acabe por ser condenado pela prática de fuga ao Fisco, o valor a pagar pode ‘disparar’ para até seis vezes a verba defraudada, ou seja, cerca de 100 milhões de euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.