Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

John Legend traz a Portugal o álbum "mais sensual e dançável" que já fez

O cantor norte-americano John Legend edita no final da primavera um novo álbum, o "mais sensual" e "mais dançável" que já gravou, como disse à Lusa, e que conta apresentar ao vivo no verão em Portugal.

John Legend traz a Portugal o álbum "mais sensual e dançável" que já fez
Notícias ao Minuto

11:30 - 28/03/20 por Lusa

Cultura John Legend

John Legend tem regresso marcado a Portugal no verão, para um concerto no festival CoolJazz, em Cascais, em 03 de julho, antes disso, "no final da primavera", conta editar o novo álbum e assim "toda a gente terá as canções novas e poderá cantá-las", disse em entrevista à Lusa, ao telefone, a partir de Los Angeles, nos Estados Unidos.

O novo trabalho discográfico do cantor, músico, compositor, produtor e ator é "o mais sensual" que fez.

"Mas é também muito emotivo e divertido e também, de alguma maneira, o álbum mais dançável que já fiz. É interessante e é onde me encontro agora, não sei porquê, mas é onde estou musicalmente e criativamente neste momento", afirmou.

John Legend explicou que quando começa a criar um novo trabalho não tem "nenhum tema em mente antes de começar a escrever". "Começo a escrever e logo vejo o que surge, o que está a inspirar-me, a motivar-me", referiu.

Ainda não há uma data exata para a edição do álbum, do qual já foi divulgado o tema "Actions", "por causa de tudo o que está a passar-se com todos estes cancelamentos e mudanças", devido à pandemia da covid-19, mas este "está praticamente pronto", faltando apenas "ultimar alguns detalhes".

John Legend espera que até ao início da digressão que tem planeada na Europa, em julho, "tudo esteja melhor".

"Irei tocar em alguns festivais, estarei em Portugal e espero que as coisas já estejam mais perto do normal no verão. Há quem acredite que o vírus não se espalhará com tanta facilidade nos meses quentes, os cientistas ainda não sabem se é de facto assim, mas as pessoas estão esperançosas que seja", disse.

O músico espera que "as coisas que estão a ser feitas para impedir a propagação [do novo coronavírus, que causa a doença covid-19] deem frutos no futuro" e assim "estar em Portugal em julho, e em toda a Europa".

A digressão norte-americana de John Legend está marcada para agosto e setembro. "Se nessa altura ainda não for possível juntarmo-nos em grupo, estamos com um problema muito sério, porque se isto continua na mesma nos Estados Unidos daqui a seis meses, é uma perspetiva assustadora", partilhou.

Enquanto não volta aos palcos, e como está confinado a casa, com a mulher e os filhos, John Legend tem atuado 'online'. No dia 17, atuou, a partir de casa, nas sessões "Together, at Home" ("Juntos, em Casa", em português), promovida pelo movimento Global Citizen e pela Organização Mundial de Saúde, desafiado na véspera pelo vocalista dos Coldplay, o britânico Chris Martin. Na terça-feira, foi convidado na 'Home Edition' (Edição Caseira) do 'talk-show' norte-americano "The Tonight Show", apresentado por Jimmy Fallon.

O músico "gostou muito" da experiência. "A parte interessante é que não ouves os aplausos do público, mas consegues ver o 'feedback' imediatamente, de pessoas de todo o mundo. [Na atuação nas sessões 'Together, at Home'] estávamos a receber ótimo 'feedback' do mundo todo e eu estava a aceitar pedidos 'online'. É muito interativo, mesmo que não ouças o público".

John Legend é também jurado no programa de televisão The Voice, a ser exibido atualmente. "Os programas estão quase todos gravados até ao final de abril e só em maio começam as galas ao vivo", contou.

Quanto ao cinema, o músico não está envolvido em nenhum projeto a sair brevemente, pelo menos enquanto ator. No entanto, a empresa de produção da qual é sócio, Get Lifted Film Company, tem planeado um novo filme, "Jingle Jangle", que "estará disponível no outono/inverno deste ano na [plataforma de 'streaming'] Netflix".

"Também estamos a desenvolver alguns programas para televisão, um deles, 'Rhythm + Flow', é uma competição de 'hip-hop'. A primeira temporada já está feita e a segunda deverá ser exibida no final do ano. Ainda está tudo um pouco no ar em relação a quando começamos as gravações, mas esperemos que aconteça mais cedo ou mais tarde", disse.

Responsável por temas como "All of Me" e "Ordinary People", John Legend editou o álbum de estreia, "Get Lifted", em 2003. Seguiram-se "Once Again" (2006), "Evolver" (2008), "Wake Up" com os The Roots (2010), "Love in the future" (2013) e "Darkness and light" (2016).

Depois disso, entre outras etapas do seu percurso, foi coprodutor e ator do filme "La La Land" e vencedor de vários prémios, incluindo um Óscar na categoria de Melhor Música com o tema "Glory" do filme "Selma", que partilha com o 'rapper' Common.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório