Meteorologia

  • 24 JULHO 2017
Tempo
24º
MIN 23º MÁX 25º

Edição

Cerimónias no Vaticano celebram canonização de Jacinta e Francisco

O cardeal Angelo Amato, prefeito da Congregação da Causa dos Santos, preside hoje, na basílica de S. Pedro, no Vaticano, à eucaristia celebrativa da canonização dos beatos Jacinta e Francisco Marto.

Cerimónias no Vaticano celebram canonização de Jacinta e Francisco
Notícias ao Minuto

06:12 - 20/05/17 por Lusa

País Pastorinhos

A missa, às 10:00 locais (09:00 em Lisboa), é o início de uma programação celebrativa que inclui às 16:00 locais, um convénio na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma, e, às 19:00, o concerto de órgão "Tríptico a Nossa Senhora de Fátima", na igreja de Santo António dos Portugueses, também na capital italiana.

O "Convénio sobre a Espiritualidade dos Santos Jacinta e Francisco Marto", na Aula Magna, conta com a participação do padre Nuno da Silva Gonçalves, reitor da universidade, do investigador Marco Daniel Duarte, diretor do Serviço de Estudos do Santuário de Fátima, do cardeal Amato, e de António Marto, bispo de Leiria-Fátima.

Às 19:00 na igreja de Santo António dos Portugueses, decorre o concerto de órgão, pelo seu titular, Giampaolo Di Rosa, intitulado "Tríptico a Nossa Senhora de Fátima".

"Este concerto é constituído por improvisações sobre os dois cânticos habitualmente cantados em Fátima e sobre o 'Salve Regina', do canto gregoriano", afirmou à agência Lusa monsenhor Agostinho Borges, reitor do santuário antoniano.

"Na improvisação, o organista é simultaneamente compositor e executor. Quer dizer que executa, compondo e tocando, um projeto, tendo em conta a gramática musical. Tratando-se de um órgão sinfónico, é como se o organista fosse compositor, diretor e executor, como acontece com uma orquestra. O compositor e organista é o Giampaolo Di Rosa", explicou.

O Grande Órgão Mascioni da igreja de Santo António dos Portugueses, inaugurado a 07 de dezembro de 2006, foi projetado pelo organista francês Jean Guillou e, segundo Giampaolo di Rosa, "é único na capital italiana quanto à originalidade e funcionalidade no espaço sagrado que o acolhe".

A igreja de Santo António dos Portugueses, de construção barroca, edificada na segunda metade do século XVII, funciona como a igreja nacional da comunidade portuguesa em Roma.

A cerimónia de canonização dos beatos Jacinta e Francisco Marto, que afirmaram terem visto uma "senhora mais brilhante que o sol", em 1917, realizou-se no passado dia 13, no Santuário de Fátima, e foi presidida pelo papa Francisco.

Jacinta e Francisco Martos são os mais jovens santos não-mártires da Igreja Católica.

Campo obrigatório