Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2018
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 16º

Edição

Dependência da internet afeta três em quatro jovens

Sabe-se que a internet é cada vez mais uma ferramenta útil. No entanto, aumentam também os casos de dependência entre os jovens. Um estudo em Portugal, de que o jornal Público dá conta esta segunda-feira, refere que três em cada quatro jovens, entre os 14 e os 25 anos, já revelam sinais de dependência.

Dependência da internet afeta três em quatro jovens
Notícias ao Minuto

07:56 - 03/11/14 por Notícias Ao Minuto 

País ISPA

Uma investigação levada a cabo pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada, que envolveu cerca de 900 jovens, entre os 14 e os 25 anos, mostra uma tendência preocupante: três em cada quatro jovens mostram já sinais de dependência da web. Nos casos mais graves poderá mesmo haver isolamento e episódios de violência, noticia o jornal Público.

O estudo coordenado por Ivone Patrão dá a entender que “a dependência da internet é generalizada”, alerta a investigadora. Ao todo, 73,3% dos inquiridos apresentam sintomas de dependência, sendo que 13% destes mostram mesmo níveis severos de dependência.

Curiosamente, parece haver uma boa consciência, entre a maioria dos inquiridos, de que há esses riscos, com 52,1% dos inquiridos a confessar que já percecionou como “dependente da internet”.

O jornal Público realça ainda que há comportamentos a que se pode estar atento, como é o caso de um grau elevado de importância conferido ao computador e outros dispositivos, sintomas de abstinência perante o não-uso (por exemplo, irritabilidade, dores de cabeça, possivelmente até agressividade) e recaídas face a tentativas sucessivas de parar ou reduzir consideravelmente o uso.

Nos casos mais extremos, pode mesmo verificar-se um isolamento em relação à família, mudanças de comportamento, casos episódicos de violência, nomeadamente envolvendo o insucesso num determinado jogo ou agressividade perante uma proibição de não se poder jogar. O perfil mais comum deste tipo de utilizadores diz respeito a jovens do sexo masculino, frequentadores do ensino secundário e sem um relacionamento amoroso.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório