AO MINUTO
topo

Queluz Mulher esfaqueada até à morte na banheira de casa

Uma mulher foi encontrada morta pela empregada, ontem de manhã, tendo sido esfaqueada na banheira de sua casa em Queluz. Segundo avança o Jornal de Notícias, o ex-companheiro é o principal suspeito, tendo sido detido em casa, em frente do filho menor.
País
Mulher esfaqueada até à morte na banheira de casa Mulher esfaqueada até à morte na banheira de casa Mulher esfaqueada até à morte na banheira de casa
DR

Encontrada, pela empregada, morta na banheira de sua casa, a mulher tinha sido esfaqueada na manhã de ontem, num apartamento em Queluz. O ex-companheiro foi detido pelas autoridades por ser o principal suspeito.

PUB

Carla Santos tinha 41 anos e vivia numa terceira cave de um prédio, em Monte Abrãao, perto de Queluz. Quando foi encontrada estava deitada na banheira, vestida, com água até ao pescoço e completamente ensanguentada.

Os ferimentos localizavam-se na zona do abdómen, provocados por uma arma branca. Sobre o principal suspeito já havia uma queixa, apresentada na PSP, por ter ameaçado a mulher.

O homem foi detido em Massamá durante a tarde de ontem e será hoje presente a tribunal de Sintra. O casal tinha um filho menor em comum, cuja custódia era partilhada. A criança, de cinco anos, encontrava-se com o pai quando este foi detido.

Segundo familiares e amigos da vítima, o pai da criança já tinha mostrado comportamentos violentos durante os sete anos de casamento e durante o ano anterior, mesmo já estando separados. “Por vezes, escutavam-se discussões, mas as pessoas também não ligavam porque é um problema do casal”, afirmou um vizinho ao Jornal de Notícias. 

Regras de conduta dos comentários
PUB
Os principais destaques todos os dias no seu email.
Preencha correctamente o seu Email.
PUB
PUB