Meteorologia

  • 20 SETEMBRO 2017
Tempo
20º
MIN 18º MÁX 22º

Edição

Daniel Ramos rejeita Marítimo "apenas a defender" na luta pela Europa

O treinador do Marítimo, Daniel Ramos, afirmou hoje que a equipa não vai entrar em campo com uma atitude defensiva no sábado, diante do Paços de Ferreira, na 34.ª e última jornada da I Liga de futebol.

Daniel Ramos rejeita Marítimo "apenas a defender" na luta pela Europa
Notícias ao Minuto

14:01 - 19/05/17 por Lusa

Desporto 34.ª jornada

Na partida que encerra o campeonato, os insulares procuram segurar o sexto lugar, que dá acesso à pré-eliminatória da Liga Europa. O empate é suficiente para conseguir o objetivo.

"Sabemos que temos dois resultados a nosso favor e, mesmo sabendo que o empate nos dá o que pretendemos, não vamos apenas defender. Vamos fazer o nosso jogo, procurar marcar golos, que podem ser necessários. Se tivermos de jogar para o empate, faremos, mas não vamos apenas e só com a aposta vincada no empate, não é essa a nossa intenção", defendeu na conferência de imprensa de antevisão do encontro na Mata Real.

Preparado para 90 minutos de muita ansiedade e à espera de um Paços de Ferreira "determinado" em vencer, por jogar em casa, mesmo já tendo a meta da manutenção atingida, Daniel Ramos mostrou estar confiante nos seus pupilos e salientou o trabalho feito por todos ao longo da época.

"Isto não é um milagre, mas anda próximo. Uma equipa que teve tanta adversidade em que pouca gente acreditava, envolta sempre num cenário de desconfiança e chegarmos aqui, com a terceira melhor defesa do campeonato, andar há 15 jornadas no sexto lugar, sem perder em casa desde que cheguei, com a possibilidade de atingir o sexto lugar, é obra, ponto final", elogiou.

Mais uma vez, o treinador espera uma capacidade de resposta de grande nível, tendo em conta as oito baixas confirmadas para esta partida (Fransérgio, Raúl Silva, Edgar Costa, Dyego Sousa, Maurício, Luís Martins, Gottardi e Ghazaryan).

"O que vale é o que podemos fazer com os que temos, acho que eles tão preparados e motivados. Existe um grande compromisso coletivo, o que tem sido uma das chaves do nosso sucesso, aliado à organização", salientou, esperando que os atletas possam "saborear" no fim o "sofrimento" vivido na temporada.

Os 'verde rubros' disputam a sexta posição com o Rio Ave, que joga à mesma hora (16:00), em casa, com o Belenenses e o técnico maritimista salientou o benefício da sua equipa.

"Prefiro estar no meu lado, porque acho que temos mais possibilidades que eles. É claro que vão exercer a sua pressão, fazer o seu jogo, estão a jogar em casa, é natural, mas não trocava de posição porque dependemos apenas de nós e isso é uma vantagem", comentou.

O Marítimo, sexto classificado, com 49 pontos, visita o Paços de Ferreira, 14.º, com 35, pelas 16:00 de sábado, com arbitragem de Hugo Miguel, da Associação de Futebol de Lisboa.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório