Meteorologia

  • 28 MAIO 2024
Tempo
25º
MIN 14º MÁX 28º

Tribunais "estão a par" do fim de suporte ao WindowsXP

O Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ) disse hoje que acredita que o fim do suporte técnico prestado pela Microsoft ao Windows XP não afetará os tribunais portugueses por estar a decorrer uma intervenção no parque informático.

Tribunais "estão a par" do fim de suporte ao WindowsXP
Notícias ao Minuto

20:43 - 09/04/14 por Lusa

Tech Oficiais de Justiça

O SOJ não tem um número preciso de computadores com o sistema operativo Windows XP nos tribunais portugueses, mas o presidente do sindicato, Fernando Jorge, disse à Lusa que "devem ser a maioria".

"Somos sete mil e tal oficiais de justiça. Cada um tem um computador atribuído e ainda há os equipamentos dos juízes. Nos tribunais portugueses, devem existir mais de 10.000 computadores, a maioria com o Windows XP", disse.

Fernando Jorge revelou que o SOJ não teve, até hoje, "indicações de problemas" nos computadores com aquele sistema operativo na Microsoft, porque, frisou, essas comunicações "são céleres a chegar ao sindicato".

O presidente do SOJ considerou que o fim do suporte técnico "pode afetar o funcionamento do sistema informático", mas afirmou que deduz "que as equipas de informáticos do Ministério da Justiça", a operarem nos tribunais portugueses desde algum tempo, "estão a par disso e estão a acautelar a questão".

"O Ministério da Justiça está a fazer uma intervenção profunda nos tribunais, com grupos de informáticos que estão a trabalhar na aplicação do novo mapa judiciário. Estão a alterar 'software', a substituir equipamentos e servidores", salientou.

A Microsoft referiu que o Windows XP teve uma penetração de 40 por cento no mercado português.

O fim do suporte técnico, que se concretizou hoje, é extensível também ao Office 2003.

Recomendados para si

;

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório