Meteorologia

  • 28 OUTUBRO 2021
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Segurança pessoal de Mark Zuckerberg custa quase 20 milhões de euros

A empresa tecnológica justificou o montante com as eleições presidenciais dos EUA e os protocolos de Covid-19.

Segurança pessoal de Mark Zuckerberg custa quase 20 milhões de euros

O Facebook terá gasto um total de 23,4 milhões de dólares (19,8 milhões de euros) com a segurança pessoal do fundador e CEO Mark Zuckerberg em 2020, diz um relatório do site Protocol.

O montante gasto é superior ao de 2019 que atingiu os 20,4 milhões de dólares (17,3 milhões de euros, um aumento que a empresa tecnológica atribuiu às eleições presidenciais dos EUA e ainda aos protocolos relacionados com a pandemia de Covid-19. Trata-se de um aumento bastante superior ao gasto pela Amazon com o fundador e então CEO Jeff Bezos, ‘apenas’ 1,6 milhões de dólares (1,3 milhões de euros).

O relatório parte de uma análise à segurança das gigantes tecnológicas de Silicon Valley que, coletivamente, gastaram 46 milhões de dólares (39 milhões de euros) na segurança do corpo executivo.

Leia Também: Facebook ignorou pedidos para vigiar desinformação no começo da pandemia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório