Meteorologia

  • 12 JUNHO 2021
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 31º

Edição

Facebook acusado de ignorar saúde mental dos moderadores

Sessões de apoio são limitadas a 90 minutos e não são dirigidas por psicólogos treinados.

Facebook acusado de ignorar saúde mental dos moderadores

A divisão europeia do Facebook está a ser acusada por moderadores de conteúdo de não fazer o suficiente para proteger a saúde mental destes trabalhadores.

De recordar que estes moderadores são responsáveis por filtrar conteúdo que chega às várias áreas da rede social, o que significa que frequentemente são expostos a imagens violentas e perturbadoras. Em conversa com a Vice, uma moderadora da rede social - Isabella Plunkett - adianta que os trabalhadores de empresas externas (como é o seu caso) não recebem grande apoio do Facebook.

Plunkett conta que as sessões de apoio aos moderadores estão limitadas a 90 minutos por semana e que não contam sequer com psicólogos treinados. “Eles sugerem karaoke e pintura. Mas, francamente, às vezes não tenho vontade de cantar depois de veres alguém a ser desfeito aos bocados”, contou Plunkett.

Em reação, o Facebook nota que está a trabalhar em soluções técnicas para evitar que os moderadores da sua rede social sejam expostos a conteúdo violento ou perturbador.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório