Meteorologia

  • 09 JULHO 2020
Tempo
28º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

Reconhecimento facial. Homem detido durante 30 horas por erro

Aconteceu no início do ano na cidade de Detroit

Reconhecimento facial. Homem detido durante 30 horas por erro

Quando se fala de sistemas de reconhecimento facial é frequente que se façam apelos para que a tecnologia seja desenvolvida com salvaguardas, as quais possam impedir que seja usada de forma negativa. Infelizmente foi o que aconteceu no início do ano na cidade de Detroit, EUA.

Conta o The New York Times que um homem afro-americano de nome Robert Julian-Borchak Williams foi detido por ter sido erradamente identificado por um sistema de reconhecimento facial. O homem foi preso em frente à esposa e filhos, tendo estado detido durante 30 horas. Durante uma sessão de interrogatório, Williams foi confrontado com as imagens do sistema de vigilância, onde foi possível ver que não se tratava da mesma pessoa.

Williams foi identificado por um sistema de reconhecimento facial de nome DataWorksPlus usado pelas autoridades no estado do Michigan, o qual usou uma fotografia da carta de condução para o apontar como suspeito. O caso está a servir para ativistas e especialistas voltarem a alertar para o facto de sistemas de reconhecimento facial não estarem preparados para identificar pessoas de outras raças e etnias que não a caucasiana.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório