Meteorologia

  • 05 JULHO 2020
Tempo
32º
MIN 18º MÁX 37º

Edição

Nova aplicação permite seguir evolução da Covid-19 em Portugal e no mundo

Uma nova versão da aplicação EyeData, desenvolvida pela agência Lusa e Social Data Lab e especialmente vocacionada para seguir a evolução da covid-19 em Portugal e no mundo, está a partir de hoje disponível, anunciaram os promotores.

Nova aplicação permite seguir evolução da Covid-19 em Portugal e no mundo

O novo EyeData Covid-19 "oferece informação estatística mais exaustiva e mais fina sobre a realidade e a evolução da pandemia", segundo Pedro Camacho, diretor de Inovação e Novos Projetos da Lusa.

Acrescentou que nova plataforma permite descobrir diversos indicadores sobre a doença causada pelo novo coronavírus, como o número total de casos confirmados, total de casos por número de habitantes ou total de casos por 10 km2.

O total de óbitos, de doentes recuperados, infetados ativos, testes acumulados, novos casos confirmados, ou ainda internamentos e internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), são outros indicadores disponibilizados pela nova aplicação.

A nova plataforma dedicada à covid-19 complementa a nova versão do EyeData, disponibilizada na semana passada, que "reforçou o leque de indicadores para Portugal, União Europeia e Mundo", e passou a incluir variáveis de opinião dos Eurobarómetros, "o que alargou de forma muito significativa a abrangência de assuntos tratados", sustenta Pedro Camacho.

Paralelamente, o desenho da plataforma digital e as suas funcionalidades foram redesenhadas "melhorando a experiência do utilizador e tornando a aplicação mais intuitiva e fácil de usar".

Com o EyeData e o novo EyeData Covid-19 passa a ser agora possível "comparar de forma instantânea dados estatísticos da pandemia em qualquer parte do mundo" e cruzá-los "com centenas de dados sociais, económicos e políticos".

Permite também cruzar os indicadores da covid-19 com os restantes dados estatísticos disponíveis, como a percentagem de população idosa, a densidade populacional, o número de camas em hospitais ou o nível de poluição, entre muitos outros.

As novas plataformas digitais desenvolvidas pela agência Lusa e pelo Social Data Lab, são, segundo Pedro Camacho, uma "janela de informação sobre Portugal e o mundo", permitindo mostrar realidades estatísticas complexas "de forma simples, intuitiva e rápida" e ajudando os interessados "a ler e a entender o mundo" atual.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 328 mil mortos e infetou mais de cinco milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,8 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.277 pessoas das 29.912 confirmadas como infetadas, e há 6.452 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano passou a ser o que tem mais casos confirmados (mais de 2,2 milhões contra cerca de dois milhões no continente europeu), embora com menos mortes (mais de 133 mil contra mais de 169 mil).

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), paralisando setores inteiros da economia mundial, num "grande confinamento" que vários países já começaram a aliviar face à diminuição dos novos contágios.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório