Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2018
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 13º

Edição

Mariano Rajoy defende cooperação no 'Brexit' e orçamento europeu

O primeiro-ministro espanhol sublinhou esta terça-feira m Madrid a importância de Portugal e Espanha continuarem a cooperar em objetivos internacionais comuns, entre eles as negociações de saída do Reino Unido da UE e o novo orçamento comunitário.

Mariano Rajoy defende cooperação no 'Brexit' e orçamento europeu
Notícias ao Minuto

13:42 - 17/04/18 por Lusa

Política Madrid

"As nossas relações já vão mais além do que a geografia e felizmente unem-nos muitas mais coisas", resumiu Mariano Rajoy em declarações ao lado do Presidente da República portuguesa no segundo dia da sua visita de Estado a Espanha.

O chefe do Governo espanhol destacou três temas onde considera que os dois países "estão de acordo" e devem cooperar.

Em primeiro lugar, as negociações que estão a decorrer sobre o abandono da União Europeia (UE) por parte do Reino Unido ('Brexit') que, segundo ele, são "importantes para os cidadãos e as empresas dos dois países".

"Queremos que as coisas sejam bem feitas, de forma ordenada e manter uma boa relação com o Reino Unido", disse Mariano Rajoy.

O "marco financeiro plurianual" - o orçamento comunitário - da UE é outro tema que "preocupa muito" a Madrid, que conjuntamente com Lisboa, segundo Rajoy, houve um acordo para os dois países "lutarem" em conjunto em tudo o que diga respeito à "políticas de coesão" (transferência de recursos para as regiões mais pobres) e as "políticas agrárias".

"Vai ser uma discussão difícil, mas penso que chegaremos a um entendimento", adiantou o chefe de Governo espanhol.

Finalmente, segundo Mariano Rajoy, os dois países ibéricos estão de acordo para continuarem a aprofundar o "processo europeu" mais além da finalização da união bancária, nomeadamente para "começar a trabalhar para que haja [...] uma união fiscal".

O primeiro-ministro espanhol realçou "um facto" que lhe parece "muito positivo": as nomeações como presidente do Eurogrupo do ministro das Finanças português, Mário Centeno, e como vice-presidente do BCE (Banco Central Europeu) do ex-ministro da Economia espanhol Luís de Guindos.

Rajoy também sublinhou a importância que vai ter durante o primeiro semestre do corrente ano a cimeira tripartida entre Portugal, Espanha e França, consagrada às interligações elétricas, que Lisboa está a organizar.

Uma referência ainda às comemorações em 2017 dos 40 anos do tratado de amizade e cooperação entre Portugal e Espanha que possibilitou que "as coisas estejam cada vez melhores a as relações a intensificarem-se".

Mariano Rajoy referiu a importância das cimeiras bilaterais entre os dois países e terminou a sua intervenção a dizer que "o mais importante é o afeto entre os dois povos".

O Presidente português cumpre hoje o segundo dia da sua visita de Estado a Espanha e, depois de esta manhã ter participado num encontro empresarial entre os dois países, faz esta tarde uma intervenção numa sessão conjunta das duas câmaras das cortes espanholas (parlamento e senado), antes de visitar a exposição "Pessoa: Toda a arte é uma forma de literatura" no museu Rainha Sofia.

A visita termina na quarta-feira com uma deslocação a Salamanca, onde vai estar acompanhado pelo rei Felipe VI durante parte do dia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório