Meteorologia

  • 01 MARçO 2021
Tempo
11º
MIN 9º MÁX 18º

Edição

Há que acabar "com ideia de que na banca o crime compensa"

Deputada critica Passos Coelho por ter deixado aos contribuintes a fatura da queda do Banif.

Há que acabar "com ideia de que na banca o crime compensa"

Para Mariana Mortágua é necessário “punir os responsáveis” pela crise no Banif, pois “os contribuintes não podem continuar a ser a garantia de que, na banca privada, a má gestão é um crime que compensa”.

A deputada do Bloco de Esquerda lembra, na sua crónica semanal no Jornal de Notícias, que em 2013 o Governo liderado por Passos Coelho injetou 1.100 milhões de euros no Banif, tendo depois preferido “deixar no banco a gestão privada” e tendo lá colocado “um só administrador, sem poderes executivos, António Varela”.

Durante os anos em que esteve sob a alçada do Estado, o banco apresentou “nada menos do que oito planos de reestruturação”. Todos eles foram chumbados. Apesar disso, António Varela “foi promovido e recebeu a responsabilidade pela supervisão prudencial no Banco de Portugal.

Por isto, Mortágua afirma: “Enquanto o Banif escrevia planos para o caixote do lixo de Bruxelas, o Governo PSD/CDS dedicava-se a fazer cara de saída limpa”.

E agora que já não lidera o país “passou aos contribuintes de hoje a fatura da sua ‘saída limpa’.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório