Meteorologia

  • 15 JUNHO 2024
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 22º

Bugalho espera pedido de desculpas de Marta Temido sobre Zelensky

O candidato da AD às europeias disse hoje aguardar um pedido de desculpas da sua adversária do PS por lhe ter chamado imaturo depois de Sebastião Bugalho ter considerado que a visita do presidente da Ucrânia era "um dia de festa".

Bugalho espera pedido de desculpas de Marta Temido sobre Zelensky
Notícias ao Minuto

11:30 - 29/05/24 por Lusa

Política Europeias

No final de uma visita ao mercado de Setúbal, Sebastião Bugalho foi questionado sobre o momento que marcou o debate entre os oito candidatos às europeias de 09 de junho, na terça-feira à noite na RTP.

Nesse debate, o cabeça de lista da AD às europeias considerou que a visita do Presidente da Ucrânia a Portugal traduziu-se num "dia de festa", com Marta Temido a acusá-lo de "brutal imaturidade" por essa afirmação.

"Lamento que a candidata Marta Temido tenha considerado uma imaturidade o momento em que eu disse que devíamos festejar o facto de o Zelensky estar em Portugal, no dia em que o líder do seu partido disse que devíamos comemorar a vitoria ucraniana", afirmou.

E acrescentou: "Como tenho a certeza que a dra. Marta Temido não queria chamar imaturo ao dr. Pedro Nuno Santos, continuo à espera de um pedido de desculpas dela", apelou.

O candidato da AD defendeu que "não foi um exagero" a expressão que utilizou no debate, afirmando que "a democracia portuguesa receber um presidente que está a lutar pela democracia, pelo seu território" é um dia que deve orgulhar o país e "um momento de felicidade".

"Não vale a pena os nossos adversários tentarem criar falsas polémicas porque não têm programa para responder ao nosso", acusou.

Questionado como comenta o ex-comentador televisivo a prestação do candidato no debate, Sebastião Bugalho riu-se e disse estar satisfeito "por debater com todos de forma elevada ideias sobre a Europa", à exceção do momento em que criticou a acusação de Marta Temido.

Nas eleições europeias, que em Portugal se realizam a 09 de junho (com voto antecipado no dia 02), serão escolhidos 720 eurodeputados, 21 dos quais portugueses.

Concorrem às eleições em Portugal um total de 17 partidos e coligações: a AD, PS, Chega, IL, BE, CDU, Livre, PAN, ADN, MAS, Ergue-te, Nova Direita, Volt Portugal, RIR, Nós Cidadãos, MPT e PTP.

[Notícia atualizada às 11h32]

Leia Também: "Dia de festa" e "imaturidade". Visita de Zelensky foi tema no debate a 8

Recomendados para si

;
Campo obrigatório