Meteorologia

  • 24 MAIO 2022
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 20º

Guimarães Pinto oferece livro a PNS. "Comprimidos para azia são à parte"

Liberal escreveu 'Milhões a Voar' - sobre a TAP - e enviou uma cópia ao ministro das Infraestruturas. Pedro Nuno Santos respondeu que se trata de "um post longo" editado por "dois economistas que não percebem de aviação".

Guimarães Pinto oferece livro a PNS. "Comprimidos para azia são à parte"
Notícias ao Minuto

10:58 - 23/12/21 por Notícias ao Minuto

Política Carlos Guimarães Pinto

Carlos Guimarães Pinto, ex-líder da Iniciativa Liberal, escreveu um livro em co-autoria com André Pinção Lucas - intitulado 'Milhões a Voar' - que versa sobre "as mentiras que nos contaram sobre a TAP". No Facebook, o agora cabeça de lista pelo Porto às eleições legislativas, revelou que enviou uma cópia a Pedro Nuno Santos. 

Este foi o ponto de partida para uma 'discussão' que passou para as redes sociais. Em entrevista ao ECO, o ministro das Infraestruturas foi questionado se já tinha lido a obra, com Pedro Nuno Santos a confirmar ter recebido a oferta de Guimarães Pinto. 

"Mas não é bem um livro. É um post longo que foi editado com pouco trabalho, se querem que vos diga, de dois economistas que não percebem de aviação. E isso percebe-se ao longo do livro", atirou o governante socialista. 

Notícias ao Minuto Imagem publicada no Facebook por Carlos Guimarães Pinto© Reprodução Facebook / Carlos Guimarães Pinto

No Twitter, a reação do liberal não se fez esperar. "O Pedro Nuno Santos tenta disfarçar a falta de argumentos com arrogância. Uma atitude com escola no PS. Mas agora que o livro trouxe dados reais para a discussão pública, desafio-o a vir debatê-los olhos nos olhos. Se tiver coragem e arcabouço intelectual para isso, claro", escreveu Carlos Guimarães Pinto num primeiro tweet sobre o assunto.

Mas não se ficou por aqui. "E, assim, fiquei a saber que o Pedro Nuno Santos não só já recebeu o livro, como deve ter lido a dedicatória", versou ainda, acrescentando: "Sim, ofereci o livro com todo o gosto, mas os comprimidos para a azia tinham que ser comprados à parte. Nem tudo pode ser grátis, pá."

Noutra publicação, também colocada na mesma rede social na manhã desta quinta-feira, o cabeça de lista do Iniciativa Liberal pelo Porto 'trouxe' outro ponto para cima da mesa. "Não ter trabalhado no sector de aviação aparentemente impede alguém de escrever livros sobre a decisão política de meter dinheiro na TAP. O que não impede, por exemplo, é de ser nomeado para Presidente do Conselho de Administração da TAP", dissertou. 

Leia Também: Chicão no Governo privatiza a TAP? "Aprecio a confiança do líder do CDS"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório