Meteorologia

  • 19 OUTUBRO 2021
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Maioria dos universitários desconhece os candidatos dos novos partidos

Inquérito realizado pela pela Universidade Portucalense refere que a maioria dos estudantes universitários inquiridos (96,4%) afirma que irá votar nas eleições autárquicas do próximo domingo. Mas apenas uma pequena parte deles admite 'meter a cruz' em algum dos novos partidos.

Maioria dos universitários desconhece os candidatos dos novos partidos

Mais de 60% dos estudantes universitários desconhecem, parcial ou totalmente, os candidatos dos novos partidos às eleições autárquicas que se realizam já este domingo, dia 26. 

Esta é uma das principais conclusões de um inquérito realizado a 280 estudantes da Universidade Portucalense (UPT). De acordo com os resultados,  apenas 38,6% afirmam conhecer todos os candidatos destes partidos à presidência da câmara do seu concelho.

No inquérito em causa, foram considerados 'novos partidos' as forças políticas que ganharam assento parlamentar, nas duas últimas eleições legislativas: PAN, Iniciativa Liberal, Chega e Livre (que, entretanto, perdeu o lugar na Assembleia depois de Joacine Katar Moreira ter saído do partido). 

O inquérito, que foi realizado entre os dias 7 e 13 de setembro, conclui que, apesar da grande maioria dos alunos (74,7%) já estar familiarizada com os quatro novos partidos políticos, 18,8% admitem não conhecer nenhum dos candidatos destas forças políticas

Meios tradicionais continuam a ser "imprescindíveis"

As conclusões do inquérito, enviadas ao Notícias ao Minuto, ditam que "os meios de comunicação tradicionais continuam a ser um elemento imprescindível na comunicação política, mesmo entre os jovens".

Isto porque, à pergunta 'Onde ouviu falar dos novos partidos, pela primeira vez?', "a esmagadora maioria" dos inquiridos (80,1%) indicou os meios de comunicação social [tradicionais] e apenas 14,8% destes referiram as redes sociais

O aparente desconhecimento sobre os candidatos das forças partidárias mais recentes beneficia, claro, os partidos tradicionais que vão fortificando o poder pelo país (o PS, sublinhe-se, é o partido a liderar maior número de autarquias no país, com 160 presidências de Câmara Municipal). Só 10,2% dos estudantes afirmaram não se sentir devidamente informados para ter a certeza em quem votar. 

A validar esta tendência, questionados se votariam num dos novos partidos, 28,9% dos jovens responderam 'sim'. Ainda que um número idêntico (28,5%) admita que 'talvez' possa vir a votar nestes partidos, 42,6% rejeitaram essa possibilidade, detalha o inquérito. 

Por fim, contrariando o histórico de abstenção mais elevada nos jovens entre os 18 e 30 anos (a faixa etária que menos vota nas eleições em Portugal),  a maioria dos estudantes universitários inquiridos (96,4%) afirma que irá votar nas eleições autárquicas do próximo domingo. Que assim seja!

O inquérito realizado pela Universidade Portucalense  contemplou estudantes de diferentes áreas, como Economia, Direito, Psicologia, Ciência e Turismo.

Mais de 9,3 milhões de eleitores podem votar nestas eleições do poder local, recebendo cada um três boletins de voto, um dos quais para eleger o executivo de cada uma das 308 câmaras municipais, outro para cada assembleia municipal e um terceiro para a eleição das assembleias de freguesia. Em Portugal, há 308 municípios (278 no continente, 19 nos Açores e 11 na Madeira) e 3.092 freguesias (2.882 no continente, 156 nos Açores e 54 na Madeira).

Leia Também: Guia para as Autárquicas. As respostas sobre a eleição do próximo domingo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório