Meteorologia

  • 27 FEVEREIRO 2021
Tempo
18º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

"É muito difícil estar a prever como será o segundo mandato"

Em declarações à RTP, e já com a vitória garantida, Marcelo Rebelo de Sousa disse ser muito difícil estar agora a prever como será o segundo mandato presidencial, que começa no dia 9 de março.

"É muito difícil estar a prever como será o segundo mandato"

muito difícil estar a prever como será o segundo mandato, que ainda só começa a 9 de março. Temos de esperar para ver", afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, após ser reeleito Presidente da República nas eleições deste domingo. 

Em declarações à RTP, ainda a partir da sua residência em Cascais, Marcelo acrescentou: "Serão cinco anos. Todos eles muito diferentes, como foram os do primeiro mandato. A pessoa é a mesma, as circunstâncias mudam mas a pessoa é a mesma", firmou.

Marcelo Rebelo de Sousa segue agora para a Faculdade de Direito de Lisboa onde fará o discurso de vitória, tal como há cinco anos. 

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito Presidente da República nas eleições de hoje, quando faltam apurar os resultados de 53 freguesias, segundo os dados oficiais.

Nas freguesias por apurar há menos recenseados do que o número de votos que separa Marcelo Rebelo de Sousa do segundo candidato mais votado até agora nestas eleições, Ana Gomes, pelo que o atual Presidente foi reeleito para o cargo, segundo cálculos do portal de estatística Eyedata, disponível em www.lusa.pt.

Quando faltavam apurar os resultados em 53 freguesias e três consulados, Marcelo Rebelo de Sousa era o candidato mais votado, com 61,62% dos votos.

Segundo os dados da Secretaria-Geral do Ministério de Administração Interna - Administração Eleitoral, Ana Gomes era o segundo candidato mais votado, com 12,25%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório