Meteorologia

  • 18 SETEMBRO 2019
Tempo
20º
MIN 16º MÁX 26º

Edição

Cristas nomeou diretora que não foi sujeita a avaliação

A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, nomeou para o cargo de diretora-geral de Alimentação e Veterinária em regime de substituição, Teresa Villa de Brito, que não foi sujeita à avaliação por parte da Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP). Isto, quando tinham estado a concurso outros dois candidatos que haviam sido avaliados, conta a edição desta sexta-feira do Diário de Notícias.

Cristas nomeou diretora que não foi sujeita a avaliação
Notícias ao Minuto

09:22 - 31/01/14 por Notícias Ao Minuto 

Política Alimentação e Veterinária

No dia seguinte à sua nomeação oficial para a direção-geral de Alimentação e Veterinária, Nuno Vieira e Brito saiu para abraçar as funções de secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, deixando, assim, vaga a cadeira que nem chegou a aquecer.

Posto isto, em março do ano passado, a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, decidiu nomear para o cargo, em regime de substituição, Teresa Villa de Brito. Acontece, que a responsável não foi sujeita à avaliação da Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP), quando existiam outros dois candidatos, que se submeteram ao mesmo procedimento concursal que viria a desembocar na escolha de Vieira de Brito, que o haviam sido, relata o Diário de Notícias.

“À data, de entre os três candidatos, foi escolhido aquele considerado ser detentor do perfil mais adequado ao cargo” e que com “a designação expressa no despacho da ministra de janeiro de 2013, deu-se como concluído, nos termos legais, o procedimento concursal referente ao cargo em causa”, justificou o gabinete de Assunção Cristas ao Diário de Notícias.

Assim, com a saída de Vieira e Brito para a referida secretaria de Estado, “foi iniciado um novo procedimento de recrutamento (…) que se encontra a decorrer, estando neste momento já numa fase de seleção”, é ainda explicado pelo mesmo gabinete.

Tal leva a crer que Teresa Villa de Brito virá a integrar este novo concurso, já com a vantagem no currículo de ter "experiência" na função, critério definido enquanto preferencial.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório