Meteorologia

  • 07 AGOSTO 2020
Tempo
23º
MIN 19º MÁX 33º

Edição

Isabel Menéres Campos reeleita presidente da concelhia do Porto do CDS-PP

A presidente da concelhia do Porto do CDS-PP, Isabel Menéres Campos, foi hoje reeleita, tendo obtido 50 votos num ato eleitoral em que participaram 55 militantes.

Isabel Menéres Campos reeleita presidente da concelhia do Porto do CDS-PP
Notícias ao Minuto

23:22 - 15/07/20 por Lusa

Política CDS-PP

A advogada e professora universitária, que não teve adversários na corrida à liderança da Comissão Política Concelhia do Porto, justificou a diminuta participação no ato eleitoral de hoje com o contexto de pandemia que o país vive, tendo salientado que seria uma "irresponsabilidade" apelar aos militantes para que fossem votar.

Há dois anos, quando foi eleita pela primeira vez, participaram nas eleições para a concelhia do Porto cerca de 450 pessoas.

Em declarações à Lusa, depois de apurados os resultados de hoje, a centrista começou por fazer um balanço do seu primeiro mandato, declarando-se satisfeita com os objetivos alcançados.

"Os objetivos com que nós nos candidatámos foram amplamente conseguidos e tinham a ver sobretudo com o Porto voltar a ter uma sede e isso nós conseguimos. Queríamos que o Porto voltasse a ter protagonismo e ser ouvido na política nacional e acho que isso também foi amplamente conseguido", afirmou Isabel Menéres Campos.

Para a democrata-cristã, este segundo mandato será de "continuidade", ainda que "naturalmente focado nas eleições autárquicas" de 2021.

Questionada sobre se vai manter o apoio a uma eventual recandidatura do atual presidente da Câmara do Porto, o independente Rui Moreira, a dirigente indicou que ainda nada está definido, tanto mais que neste momento não se sabe se o autarca se vai recandidatar.

"Neste momento é prematuro estar a falar disso", defendeu.

Isabel Menéres Campos admitiu ainda não ter qualquer plano ou objetivo político definido para a concelhia no âmbito das eleições autárquicas que, garantiu, vai ajudar a preparar.

A centrista explicou que esta Comissão Política Concelhia tem centrado o seu trabalho na crise provocada pela pandemia de covid-19, mas em contexto nacional, um dos três eixos que definiu para este segundo mandato.

"Nós estamos focados, até porque somos uma das maiores concelhias do país, na política nacional e muito interessados em acompanhar a política nacional e em apresentar propostas e participar ativamente", referiu.

Segundo Isabel Menéres Campos, a atividade da concelhia está orientada em três eixos, "política nacional, a organização das autárquicas" e, à semelhança de mandatos anteriores, "organizar um ciclo de conferências que, neste mandato, vai ser a comemoração dos 45 anos do 15 de Novembro".

VSYM // SR

Lusa/Fim

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório