Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Covid-19: PAN "renovará o seu voto favorável" ao estado de emergência

 O porta-voz do PAN disse hoje o partido "renovará o seu voto favorável" à extensão do estado de emergência que for proposta, face aos dados conhecidos sobre a propagação da pandemia de covid-19 em Portugal.

Covid-19: PAN "renovará o seu voto favorável" ao estado de emergência
Notícias ao Minuto

15:46 - 31/03/20 por Lusa

Política Covid-19

"Admitimos que, perante os dados científicos que hoje aqui foram colocados, que o senhor Presidente da República irá propor, no fundo, a renovação da declaração do estado de emergência e, perante a situação epidemiológica que vivemos no nosso país, o PAN evidentemente renovará o seu voto favorável a esta circunstância", disse André Silva.

O líder do PAN falava aos jornalistas no final da segunda sessão técnica de apresentação sobre a "Situação epidemiológica da covid-19 em Portugal", que decorreu no Infarmed, em Lisboa.

André Silva apontou que "ficou patente, pelos estudos e os modelos matemáticos aplicados, que tem sido importante as restrições ao nível das deslocações e do contacto entre as pessoas" e que "há de facto uma relação direta entre estas restrições, o isolamento social" e o conter da epidemia para que não atinja níveis idênticos aos que estão a ocorrer noutros países.

Depois de agradecer aos portugueses por estarem a ser "solidários, disciplinados e responsáveis", André Silva salientou que se exige "continuar por mais um período com este isolamento social".

André Silva manifestou também uma "preocupação enorme sobre medidas que têm de ser reforçadas com grupos de pessoas mais vulneráveis, seja do ponto de vista sanitário, seja do ponto de vista das condições financeiras", pedindo "planos de contenção mais conseguidos" para "idosos, reclusos e pessoas em situação de sem-abrigo".

"É fundamental também chegar cada vez mais às pessoas que vão estar na primeira linha, em dificuldades económicas e a banca tem de fazer o seu papel. Não é admissível que digam que façam moratórias sobre prestação de créditos à habitação, mas depois no dia seguinte venham impor juros a essa própria moratória", criticou.

O porta-voz do PAN insistiu na importância de "testar, com critérios evidentemente, rastrear cada vez mais, até ao último elo".

"É consensual também, e ficou patente naquilo que foram as declarações dos técnicos, a importância de se continuar a testar, e testar cada vez mais não só aquelas pessoas que têm sintomas, mas todos os assintomáticos que estão na linha da frente, não só profissionais de saúde mas cuidadores que estão em lares de idosos e pessoas que contactam diariamente na sua atividade económica com outras pessoas, nomeadamente pessoas que conduzem transportes públicos, pessoas que estão em caixas de supermercado", elencou André Silva.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 791 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 38 mil.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 160 mortes, mais 20 do que na véspera (+14,3%), e 7.443 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 1.035 em relação a segunda-feira (+16,1%).

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório