Meteorologia

  • 13 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 28º

Vasco Cordeiro: "Neste combate, cada açoriano é um soldado"

O presidente do Governo dos Açores disse hoje que, na luta contra a covid-19, cada cidadão "é um soldado" que tem de enfrentar o vírus, mas também o cansaço e desânimo, durante uma comunicação aos açorianos.

Vasco Cordeiro: "Neste combate, cada açoriano é um soldado"
Notícias ao Minuto

21:30 - 20/03/20 por Lusa

Política Coronavírus

"Apelo ao melhor de cada um de nós, porque o melhor de cada um de nós é, sem qualquer dúvida, o melhor para todos. Neste combate, cada açoriano é um soldado. Cada família é um pelotão. Cada freguesia, cada vila, cada cidade, cada ilha, é um regimento. O povo açoriano é o exército que levará os Açores à vitória nesta combate", disse Vasco Cordeiro (PS).

O governante fez hoje uma comunicação à região, sem direito a perguntas dos jornalistas, cerca das 20:00 locais (21:00 em Lisboa), a partir do Palácio de Santana, em Ponta Delgada.

Para Vasco Cordeiro, a "situação desafiante" que os Açores, como todo o mundo, vivem, põe à prova "não apenas" a capacidade da região, mas também "a condição de cidadãos" de todos os açorianos.

E prosseguiu: "O inimigo não é apenas o vírus, é também o cansaço e a exasperação com as medidas duras, mas necessárias que já foram implementadas e com outras que poderão ainda ser postas em prática".

Contudo, o chefe do executivo regional apelou à entreajuda, solidariedade e valorizou o "trabalho que a todos os níveis está a ser feito para" se superar a atual pandemia.

Vasco Cordeiro demonstrou ainda esperança em "melhores dias", até porque nessa altura "todos" serão chamados a "refazer, reconstruir, reerguer".

Com "inteligência, responsabilidade e solidariedade", os açorianos superarão esta etapa, acredita o governante, que elogiou ainda "heróis" como os profissionais de saúde, bombeiros, forças de segurança e todos os que, em diferentes áreas, "mantêm a região a funcionar e a garantir o necessário para cada um" dos açorianos.

Os Açores mantêm três casos de infeção pelo novo coronavírus, mas o número de pessoas em vigilância ativa mais do que duplicou, para 1.561, nas últimas 24 horas, revelou hoje a Autoridade de Saúde Regional.

Em todo o país, a Direção-Geral da Saúde elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 1.020, mais 235 do que na quinta-feira. O número de mortos no país subiu para seis.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, infetou mais de 265 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 11.100 morreram.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório