Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2019
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

'Verdes' querem esclarecimento sobre furto no Ateneu Comercial de Lisboa

Terá desaparecido um exemplar raro d’Os Lusíadas, um candeeiro de cristal e loiças do século XX.

'Verdes' querem esclarecimento sobre furto no Ateneu Comercial de Lisboa

O Grupo Municipal do Partido Ecologista Os Verdes (PEV) exigiu, esta quarta-feira, esclarecimentos sobre um alegado furto de espólio do Ateneu Comercial de Lisboa.

O partido entregou na Assembleia Municipal um requerimento em que questiona a Câmara Municipal sobre este caso, refere em comunicado enviado às redações e também publicado no Blog 'Os Verdes em Lisboa'.

Neste requerimento, o PEV refere que teve conhecimento, através da comunicação social, "de que um exemplar raro d’Os Lusíadas, avaliado em 100 mil euros, que estava guardado no Ateneu Comercial de Lisboa desapareceu, assim como outras peças, nomeadamente um candeeiro de cristal avaliado em 150 mil euros e loiças do século XX."

Pode haver mais objetos desaparecidos, "pois o Ateneu não mantém um inventário das obras que lhe pertencem", continua a nota citando a fonte noticiosa. 

"O Grupo Municipal do PEV não se surpreende com esta situação, pois já há muito tempo vem denunciando o estado de degradação do Ateneu Comercial de Lisboa e alertando a Câmara para esta situação, pelo que, não é de admirar que tenha ocorrido este grave furto de espólio", acrescenta ainda o partido.

Para Os Verdes, esta é "mais uma situação de completa desvalorização do património histórico e bibliográfico da cidade, com a aparente conivência da autarquia".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório