Meteorologia

  • 26 ABRIL 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 19º

Edição

"Na política como na vida profissional, é natural que se apaixonem"

Edite Estrela saiu, esta terça-feira, em defesa do ministro Pedro Nuno Santos e da relação deste com a chefe do gabinete de Duarte Cordeiro.

"Na política como na vida profissional, é natural que se apaixonem"
Notícias ao Minuto

12:27 - 19/03/19 por Natacha Nunes Costa 

Política Edite Estrela

A deputada do PS, Edite Estrela, defende, esta terça-feira, através de um post no Facebook, o ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, e a sua relação com Catarina Gamboa, recentemente nomeada chefe do gabinete do secretário de Estado Duarte Cordeiro.

Na publicação, a parlamentar começa por dizer que “ninguém deve ser beneficiado, nem prejudicado por causa das relações de parentesco ou amizade”. De seguida, recorda que “na política, como na vida profissional, é natural que homens e mulheres que trabalham juntos descubram afinidades, partilhem ideais, se apaixonem” e defende que ninguém pode ser condenado por isso.

Os pais, os filhos, os cônjuges dos/as políticos/as não perdem direitos de cidadania por razões familiares. Mantêm integrais os mesmo direitos que os restantes cidadãos, designadamente, acesso ao mercado de trabalho e à atividade política”, sustenta.

Mais concretamente quanto à escolha de Catarina Gamboa para chefe de gabinete de Duarte Cordeiro, secretário Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, noticiada pelos meios de comunicação no passado fim de semana, Edite Estrela afirma que “é natural que se escolha para a equipa quem se conhece e nos dá garantia de corresponder ao perfil desejado. O estranho seria o contrário”.

A deputada socialista critica ainda o “escrutínio público” de que foi alvo a relação entre o ministro e Catarina Gamboa e que este devia incidir na avaliação do trabalho de cada um e não nas relações familiares, porque, relembra, “é assim em democracia”.

Recorde-se que, esta segunda-feira, Pedro Nuno Santos partilhou no Facebook um longo texto onde esclareceu a atribuição do cargo da mulher. “A Catarina, que é a minha mulher e a mãe do meu filho Sebastião é, também, a Catarina Gamboa: excelente profissional, pessoa de enorme competência e confiança”, é uma das frases mais fortes escritas pelo governante.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório