Meteorologia

  • 20 ABRIL 2018
Tempo
22º
MIN 20º MÁX 24º

Edição

Espanha: Português detido depois de ter tentar subornar polícia com 100€

Emigrante em França ofereceu uma nota de 100 euros ao polícia para evitar ser multado, e chegou a admitir que já o tinha feito anteriormente.

Espanha: Português detido depois de ter tentar subornar polícia com 100€
Notícias ao Minuto

17:39 - 01/08/17 por Notícias Ao Minuto

País Guardia Civil

Um emigrante português foi detido esta segunda-feira em Espanha, depois de ter tentado subornar um agente da Guardia Civil de Ourense com uma nota de 100 euros. Tudo para evitar ser multado, avança o La Voz de Galicia.

Os agentes da divisão de trânsito de Ourense mandaram parar uma carrinha Mercedes-Benz na autoestrada A75, que liga Verín à fronteira portuguesa, junto a Chaves. A Guardia Civil efetuou um controlo de transporte, tendo detetado "três violações", uma informação divulgada num comunicado da polícia espanhola.

Informaram o condutor que seria multado. Outro homem, de 43 anos com residência na Amadora, saiu da carrinha e colocou uma nota de 100 euros na mão de um dos agentes.

De acordo com a Guardia Civil, o homem pediu-lhes para "aceitarem o dinheiro, não os denunciarem e deixá-los continuar" a viagem. O emigrante até admitiu que já tinha subornado outros polícias espanhóis anteriormente.

O agente devolveu-lhe a nota e pediu-lhe para se "pôr à margem da situação, uma vez que não era o condutor do veículo". No entanto, o homem insistiu para que os agentes aceitasse o dinheiro. Perante a insistência, os agentes da Guardia Civil decidiram deter o homem, que está agora nas instalações da Guardia Civil de Verín.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.