Meteorologia

  • 24 NOVEMBRO 2017
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria abre conta solidária

A Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria (CIMRL), da qual fazem parte os municípios de Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande, vai abrir uma conta solidária para acolher donativos destinados às vítimas dos incêndios.

Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria abre conta solidária
Notícias ao Minuto

23:57 - 18/06/17 por Lusa

País Incêndios Portugal

O presidente da CIMRL, Raul Castro, explicou hoje à agência Lusa que a conta, que vai estar disponível a partir de segunda-feira, destina-se "a receber donativos para as pessoas que ficaram sem nada" na sequência dos incêndios "e possam vir a recuperar" bens que perderam.

Raul Castro, também presidente da Câmara de Leiria, que hoje esteve no norte do distrito, adiantou que a comunidade intermunicipal dinamizou ao longo do dia de hoje recolha de bens, alimentares e outros.

O autarca adiantou que vai ser realizado no Teatro José Lúcio da Silva, na cidade de Leiria, no próximo sábado, um espetáculo de solidariedade para com Pedrógão Grande, promovido por artistas de Leiria.

O espetáculo vai juntar David Fonseca e a Orquestra Jazz de Leiria, Academia de Ballet e Dança -- Annarella, Omnichord Records, Samp Pousos, Orfeão de Leiria Conservatório de Artes e Fade In - Associação de Ação Cultural. Os bilhetes, no valor de 15 euros, estarão à venda nas instalações do teatro a partir de segunda-feira.

O presidente da CIMRL acrescentou que em Saint-Maur-des-Fossés, França, cidade geminada com Leiria, a comunidade emigrante está, também, a dinamizar a recolha de donativos para ajudar as vítimas dos incêndios.

Integram também a CIMRL os municípios de Alvaiázere, Ansião, Batalha, Marinha Grande, Pombal e Porto de Mós.

O fogo, que deflagrou às 13:43 de sábado, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, alastrou depois aos concelhos vizinhos de Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, e entrou também no distrito de Castelo Branco, pelo concelho da Sertã.

O último balanço dá conta de 62 mortos civis e 62 feridos, dois deles em estado grave. Entre os operacionais, registam-se dez feridos, quatro em estado grave. Há ainda dezenas de deslocados, estando por calcular o número de casas e viaturas destruídas.

O Governo decretou três dias de luto nacional, até terça-feira.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório