'Estou aqui', as pulseiras para que também os adultos não se percam

O programa destina-se a adultos que, em função da idade ou de alguma doença, possam ficar desorientados ou inconscientes na rua.

© iStock
País PSP

Arranca esta segunda-feira, 20 de março, um novo programa 'estou aqui adultos', cuja finalidade é "garantir a segurança de adultos que, pelas mais variadas razões, possam sofrer alguma desorientação na via pública". E como? Através de pulseiras 'estou aqui', à imagem do programa também disponível para crianças.

PUB

Estas pulseiras são dirigidas a adultos que, em função da idade ou de patologia, possam ficar desorientadas ou inconscientes, na rua, explica a PSP.

A sua missão é promover o reencontro o mais rápido possível com o familiar ou conhecido previamente indicado no registo.

Este pedido, detalha a autoridade, pode ser feito pelo próprio utilizador no site, através da opção pedido pelo(a) próprio(a), ou por um terceiro através da opção pedido instituição/cuidador.

As instituições que queiram aderir ao programa podem fazer um só registo para vários utilizadores. Para isso devem utilizar a opção pedido instituição/cuidador e indicar que se trata de um pedido de instituição.

De realçar que a pulseira é gratuita, pessoal, intransmissível e tem a duração de dois anos, data a partir da qual terá de ser renovada. Para adquirir uma pulseira deverá fazer o registo prévio e, em seguida, deslocar-se à esquadra escolhida para levantar e ativar a mesma, refere ainda a PSP.

COMENTÁRIOS REGRAS DE CONDUTA DOS COMENTÁRIOS

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias Ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser